Procon de Brusque nega atendimento a moradores de outras cidades

Municípios que não possuem o setor, recorrem ao Procon de Brusque, que não pode fazer o registro de reclamação

Procon de Brusque nega atendimento a moradores de outras cidades

Municípios que não possuem o setor, recorrem ao Procon de Brusque, que não pode fazer o registro de reclamação

Um morador de São João Batista compareceu ao Procon de Brusque nesta terça-feira, 28, e não conseguiu ser atendido. De acordo com o diretor geral da entidade, Luís Carlos Schlindwein, ele recebeu todas as orientações que necessitava, porém o atendimento e registro da reclamação não pode ser feito para moradores de outras cidades. “Recebemos a orientação do Procon estadual para que prestássemos todos os esclarecimentos aos moradores de outros municípios que buscam o Procon daqui, porém não devemos fazer o registro da reclamação. Isso porque muitos municípios não tem esse setor, e com isso, acabam demandando às cidades vizinhas”, revela Schlindwein.

De acordo com Simeão Laercio Ramos, diretor de Controle Interno da prefeitura de São João Batista, o município não tem a intenção de criar o Procon. “Isso demanda muitos custos, como por exemplo, a contratação de pessoal. Os moradores que tem problemas com o comércio da cidade podem receber uma consultoria jurídica, mas quanto ao Procon não há previsão de quando ele será criado”, declara. Enquanto isso, a população fica “na mão”, e está tudo certo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio