Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Produtor rural pagará indenização a motociclista que colidiu em vaca, em Santa Catarina

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Produtor rural pagará indenização a motociclista que colidiu em vaca, em Santa Catarina

Raul Sartori

Nada e tudo
O governo estadual deve R$ 40 milhões para o Centro de Pesquisas Oncológicos (Cepon), referência e principal unidade de tratamento do câncer. Diante disso há quem, até com inocência, pergunte: porque não falta dinheiro – e jamais atrasa – para o Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas e Ministério Público, onde os privilégios estão a anos-luz da dor de um paciente de câncer e seus familiares, flagelo multiplicado quando se fecham as portas para tratamento, como é o caso.

A vaca
Produtor rural vai ter que pagar indenização por danos morais e materiais de R$ 10,2 mil, a um motociclista que se acidentou ao colidir com uma vaca em rodovia pública no Sul do estado. Com a queda o rapaz fraturou a perna direita e ficou impossibilitado de trabalhar por cinco meses, além de sofrer prejuízos materiais com o conserto da moto e despesas médicas.

Programa suspenso
Por falta de demanda, digamos assim – registrou apenas 38 pedidos de atuação entre junho de 2016 e junho de 2017 – está suspenso temporariamente o programa Justiça Presente, desenvolvido pelo TJ-SC em parceria com o MP-SC, OAB-SC, Secretaria de Segurança Pública e Federação Catarinense de Futebol. O programa foi criado para garantir paz e tranquilidade nas praças esportivas catarinenses em eventos esportivos com estimativa de público igual ou superior a 10 mil pessoas ou em jogos considerados de alto risco.

Avenida Brasil
Um dos motivos para que forças federais fossem usadas no Rio de Janeiro foram as dezenas de roubos de carga, diários, na Avenida Brasil. Guardadas as proporções, o mesmo crime acontece no momento em Itajaí. A média é de 35 ocorrências por semestre e há apenas dois policiais na Divisão de Investigação Criminal (DIC) da cidade para atuar nos casos.

“Cracolândias”
Uma força-tarefa integrada por voluntários de mais de dez entidades públicas e privadas iniciou ontem por São José abordagens e acolhimento de pessoas em situações de rua, incluindo o fechamento de espaços em situação degradadas e limpeza de áreas públicas. Também foi realizado o principal: o encaminhamento de viciados em crack para o devido tratamento. Que sirva de exemplo.

Presídio
Antes que fosse sugerido o espaço sideral como o ideal para o governo estadual construir ou ampliar presídios – já que vários municípios até aprovaram leis proibindo tais obras em seus territórios – finalmente há uma decisão, que cria um precedente: o TJ-SC está obrigando a Prefeitura de Tijucas a emitir alvará para as obras de ampliação do presídio regional na cidade, sob multa diária de R$ 100 mil por descumprimento da decisão.

Flagra
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, está complicado com parentes, entre eles seu cunhado, Juliano Borghetti, acusado de receber propina. Ele é irmão da vice-governadora, Cida Borghetti, casada com Barros. No fichário policial de Borghetti está um flagra, em 2013, no meio de facção de torcedores do Atlético Paranaense em memorável batalha campal com a torcida do Vasco da Gama, na Arena Joinville.

Rede social
Criada em 2014 com a perspectiva de destinar parte dos seus lucros para o financiamento de projetos sociais e ambientais, a rede de internet Sokhrates está sendo lançada no Brasil a partir de Florianópolis. Até esta quarta-feira o italiano Rosario Scuteri, criador da plataforma semelhante ao Facebook, participa na cidade de reuniões e conferências com autoridades públicas e representantes de instituições, para divulgar e buscar parcerias para o empreendimento.

Irracionalidade
Este é o país da piada pronta. O que vale mais para motorista de ambulância conduzindo uma pessoa à beira da morte: cometer infração furando sinais ou deixa-la à própria sorte? Pois em alguns lugares – SC já se acertou, não sem muita discussão ridícula – ainda se pune o motorista que cometer infrações no pleno e total exercício de suas atividades. Essa insanidade agora tende a ser banida com projeto de lei na Câmara dos Deputados para isentar de multas e de sanções administrativas os condutores de veículos de segurança pública ou de atendimento de urgência que cometerem infrações de trânsito no exercício regular de suas atividades.

DETALHES
Fazia tempo que as artes plásticas de SC não ganhavam grandes vitrines. Se recupera, agora, com Fernando Lindote, gaúcho radicado há décadas no Estado, que acaba de conquistar o Prêmio CNI Sesi Senai Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas, um dos mais tradicionais de arte do país.

A segunda instância do TRT-SC foi a que mais julgou ações coletivas de janeiro a maio deste ano em todo Brasil, conforme relatório do Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio