Programa Observador Social Mirim será implantado em Guabiruba

Parceria com o Observatório Social de Brusque é destinada aos alunos dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental

Programa Observador Social Mirim será implantado em Guabiruba

Parceria com o Observatório Social de Brusque é destinada aos alunos dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental

A Prefeitura de Guabiruba, firmou uma parceria com o Observatório Social de Brusque (OBS) para implantação do Programa Observador Social Mirim destinado aos alunos dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental com o propósito de promover a orientação vocacional, desenvolvimento de boas práticas e valorização da cidadania e autoestima. O tema principal será a importância social dos tributos e o dever de cada um exercer a fiscalização na aplicação dos recursos públicos.

A parceria foi firmada após reuniões entre o prefeito, Matias Kohler, presidente do Observatório Social de Brusque, Evandro Gevaerd, Chefe da Receita Federal de Brusque, Rosemari Glatz e a secretária de Educação de Guabiruba, Edna Maria da Silva Jasper. Nesta semana, os diretores de escolas serão visitados por membros da Secretaria e do Observatório para que sejam incluídos no processo de implantação do programa, que prevê, entre as ações, a instalação de mural da transparência com os gastos de água, energia, telefone e merenda da escolar. O programa será executado por uma educadora fiscal e terá três encontros de duas horas (6h/a).

De acordo com o presidente do Observatório Social, o objetivo geral do programa é motivar nos estudantes alguns valores, como a responsabilidade individual e coletiva, e destacar a importância social dos tributos para a construção de uma sociedade mais justa. “É um sonho, uma meta do Observatório, ingressar na atividade de educação fiscal. Vamos começar por Guabiruba, pois entendemos que aqui tem um ambiente favorável para executar esse tipo de projeto. Tenho certeza que essa experiência vai passar para outros municípios, estados e por todo o país, pois será um trabalho diferenciado com impacto positivo na educação fiscal das nossas comunidades”, destaca Gevaerd.

A secretária de Educação, Edna Maria da Silva Jasper, atribui a importância do projeto ao envolvimento das crianças. “É nas crianças que devem ser trabalhados esses conceitos, valores e ser despertada a cidadania a partir dos deveres e direitos, da responsabilidade de cada um para a construção de uma sociedade mais justa”, destaca.

A iniciativa conta também com o apoio da Controladoria Geral da União – CGU e da Receita Federal de Brusque e foi motivada pelo desconhecimento por parte do cidadão do destino dos seus impostos e da pouco interesse no acompanhamento com o gasto público.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio