Programa Saúde na Escola orienta sobre prevenção e sexualidade

iniciativa busca a qualificação das políticas públicas e o desenvolvimento da cidadania nos jovens

Programa Saúde na Escola orienta sobre prevenção e sexualidade

iniciativa busca a qualificação das políticas públicas e o desenvolvimento da cidadania nos jovens

Sexualidade, doenças e gravidez na adolescência são alguns dos temas abordados no Programa Saúde na Escola (PSE), que promove conversas, palestras e outras atividades com alunos da rede pública por meio de uma ação integrada das secretarias municipais de Saúde e Educação. A iniciativa busca a qualificação das políticas públicas e o desenvolvimento da cidadania nos jovens.
 
O programa coloca os alunos em contato com enfermeiras que falam sobre o que é sexualidade, mudanças no corpo, doenças, formas de prevenção, drogas e gravidez. As enfermeiras Aline Fagundes de Oliveira e Juliana de Oliveira Ventorini explicam que, na maioria das vezes, os jovens não conseguem falar sobre o assunto com os pais. “Nós estimulamos a conversa em casa, mas às vezes é difícil, então muitos acabam mantendo contato conosco e tirando dúvidas por e-mail e Facebook”, contam.
 
Estudantes de todas os anos recebem as orientações, que são adaptadas de acordo com a idade. “Quando são mais novos ensinamos sobre higiene e comportamento, e quando são mais velhos incluímos prevenção, DSTs e o que for apropriado”, explica Juliana. Quem solicita a visita das enfermeiras são as escolas, que determinam as turmas abordadas e o foco de acordo com a realidade local.
 
As ações de sexualidade na escola são realizadas em parceria com as Unidades Básicas de Saúde e já atenderam mais de 1,8 mil alunos da rede pública. Desde março deste ano, já foram visitadas mais de 50 escolas do município.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio