Projeto 10 Tá Bom fica na primeira votação da Câmara de Vereadores de Brusque

Presidente da Câmara, Celso Carlos Emydio da Silva (PSD) falou sobre o assunto na sessão de terça-feira, 19 de junho

Projeto 10 Tá Bom fica na primeira votação da Câmara de Vereadores de Brusque

Presidente da Câmara, Celso Carlos Emydio da Silva (PSD) falou sobre o assunto na sessão de terça-feira, 19 de junho

Geralmente marcada por debates acalorados, a sessão na Câmara de Vereadores de Brusque no fim da tarde de terça-feira, 19 de junho, foi rápida e calma. Durou uma hora e meia e não houve debates polêmicos.

Antes dos pronunciamentos iniciarem, o presidente da Câmara, Celso Carlos Emydio da Silva (PSD) esclareceu que o projeto de iniciativa “10 Tá Bom” não passará por segunda votação. Pois, para isso, está previsto tanto na legislação federal, estadual e municipal que seria necessário votos de 2/3 dos vereadores pela aprovação da lei, o que não ocorreu.
O Projeto de Lei de Iniciativa Popular que desejava passar de 15 para 10 vereadores no legislativo, que foi  rejeitado na quinta-feira, 14 de junho, por sete votos contra e três a favor.
 
*** Saiba mais sobre a reunião, na edição impressa do MDD desta quinta-feira, 20 de junho.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio