Projeto da Celesc dará descontos de até 50% para geladeiras e freezers

Bônus Eficiente inicia em novembro nas lojas Colombo de todo o estado com o objetivo de reduzir a energia

Projeto da Celesc dará descontos de até 50% para geladeiras e freezers

Bônus Eficiente inicia em novembro nas lojas Colombo de todo o estado com o objetivo de reduzir a energia

Com expectativa de vender 43 mil produtos de refrigeradores e/ou freezers, as lojas Colombo iniciam, a partir de 4 de novembro, junto com a Celesc Distribuição, o projeto Bônus Eficiente. A segunda edição do projeto foi lançada ontem pela Celesc e oferecerá aos clientes a chance de adquirirem os produtos da linha branca com até 50% de desconto em relação ao valor praticado pelo mercado. A promoção deverá ter duração de seis meses.

Segundo o gerente da Celesc de Brusque, Pedro Tridapalli, o objetivo é reduzir e conservar a energia, além de substituir os eletrodomésticos antigos por novos contemplados com Selo Procel de Economia de Energia. “Produtos antigos geram muito gasto de energia”, afirma. Para participar do programa, é preciso ser cliente residencial da Celesc e estar adimplente com a empresa. 

Pelo segundo ano, as lojas Colombo venceram a licitação do programa. Na primeira edição do Bônus Eficiente, em 2012, foram comercializados 26.194 mil produtos em Santa Catarina. Para o gerente geral das lojas Colombo de Brusque, Marcos Neto, a participação no projeto é bastante interessante. “No ano anterior tivemos um ganho considerável nas vendas, com aumento de 70% na linha branca. Isso refletiu também nos outros segmentos que tiveram um crescimento de 30%”, revela. O gerente ressalta que muitos clientes já procuraram a loja para realizar a troca, antes mesmo do início da promoção.

O presidente da Celesc, Cleverson Siewert, destaca que, além de atender recomendação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o projeto promove a retirada de milhares de equipamentos que consomem muita energia por outros bem mais eficientes. “A Celesc têm trabalhado nos últimos tempos sob o viés da sustentabilidade. Além dos esforços para oferecer a maior qualidade dos serviços e garantir o desenvolvimento econômico de Santa Catarina, dedica-se a ações voltadas à cidadania e à responsabilidade socioambiental”.

O projeto tem também caráter social. A cada venda realizada pelo programa, um valor será destinado a dez entidades beneficentes selecionadas pela Celesc. Para os produtos com valor abaixo de R$ 1 mil, o consumidor deve doar R$ 30. Para compras acima de R$ 1 mil, a doação passa a ser de R$ 50. 
Mudanças

Diferente do ano passado, os descontos serão de 30%, 40% e 50%. Não existe mais a exigência de compatibilidade na troca. Ou seja, se o cliente tem um refrigerador de uma porta com 300 litros, poderá trocar por outro refrigerador de duas portas com 500 litros e vice-versa.

O gerente das lojas Colombo de Brusque, Marcos Neto, explica que o produto a ser trocado precisa estar funcionando e ter mais de cinco anos de uso. Ainda, não deve possuir o Selo Procel.
O percentual de desconto será avaliado no momento da troca. E será conforme o consumo do produto. Por exemplo, quanto maior o consumo de energia do eletrodoméstico, menor o bônus.
Reciclagem 

De acordo com o gerente das lojas Colombo de Brusque, Marcos Neto, os produtos trocados serão levados para a reciclagem. “O gás do eletrodoméstico é retirado e uma empresa do estado realiza a reciclagem”, informa. 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio