Projeto de professor de Brusque está entre os 50 melhores do Brasil

Thiago Spiess criou proposta inovadora para facilitar o aprendizado da língua inglesa e foi destaque no Prêmio Educador Nota 10

Projeto de professor de Brusque está entre os 50 melhores do Brasil

Thiago Spiess criou proposta inovadora para facilitar o aprendizado da língua inglesa e foi destaque no Prêmio Educador Nota 10

Thiago Spiess, 34 anos, foi um dos 50 finalistas da 20ª edição do Prêmio Educador Nota 10, o maior e mais importante prêmio da educação básica no Brasil.

O projeto que classificou o professor de inglês é o “Motivando a aprendizagem da Língua Inglesa e abrindo as portas para o mundo”, realizado na Escola de Ensino Fundamental Professora Augusta Knorring, no Steffen, uma das três instituições que o professor leciona.

O projeto enviado ao prêmio é resultado de um trabalho que foi aplicado durante todo o ano de 2016 com os alunos do 7º ano matutino da escola. O objetivo foi fazer com que os estudantes conhecessem uma realidade fora do território de Brusque e assim valorizassem o domínio de uma segunda língua. A atividade se deu por meio de um intercâmbio audiovisual e por produções de cartas.

Thiago, que é professor efetivo na rede estadual e municipal e mora no bairro São Luiz, conta que por meio de um vídeo, colocou a turma de Brusque em contato com a rotina de uma professora dos Estados Unidos, além de orientar um intercâmbio de cartas em inglês entre alunos de escolas do município – dos mesmos anos -, para que pudessem contar sobre seus gostos.

Foi realizado um intercâmbio de cartas em inglês entre estudantes de algumas escolas do município/ Arquivo pessoal

“O projeto é uma proposta de trabalho que venho desenvolvendo e aperfeiçoando a cada ano com o intuito de minimizar os diferentes níveis de conhecimento em uma turma heterogênea e melhorar as condições de aprendizagem”, explica o professor.

Ele destaca que além de praticar a gramática e o vocabulário da língua inglesa de uma forma prazerosa, os alunos têm a oportunidade de conhecer novas pessoas que também estão aprendendo inglês como segunda língua.

Prática pedagógica
Spiess afirma que o projeto não foi feito para enviar a qualquer tipo de processo seletivo, e sim como uma prática pedagógica. No entanto, ao saber do prêmio, e motivado por algumas pessoas, decidiu mandar. Posteriormente, ele iniciou a etapa de escrita do projeto dentro da formatação exigida pela Fundação Victor Civita e Fundação Roberto Marinho, que em parceria com o Grupo Abril e com a Rede Globo, organizam o prêmio.

“Foram várias semanas escrevendo e reescrevendo o projeto, buscando sempre a melhor maneira de explicar detalhadamente como o projeto aconteceu e os resultados alcançados”, conta.

Após mandar o material, Spiess recebeu uma ligação no começo de julho que lhe trouxe esperanças de que o projeto seria finalista. Uma selecionadora do Educador Nota 10 entrou em contato com ele e agendou uma entrevista por telefone para o dia 5 de julho, onde o professor repassou mais detalhes do trabalho.

Ele diz que recebeu muitos elogios por parte da selecionadora, que ao fim da conversa solicitou material do projeto para análise. No dia 20 de julho outra selecionadora entrou em contato para fazer mais algumas perguntas e no dia 29 do mesmo mês saiu a listagem com os 50 finalistas, a qual Spiess estava.

Para o professor, a preocupação sempre foi com o aprendizado do estudante, por isso a elaboração de atividades que colaborassem para a oralidade e gramática do aluno. Para ele, estar entre os 50 finalistas e representar a comunidade escolar no Prêmio Educador Nota 10 é de extrema importância.

“Confirma mais uma vez que o trabalho realizado é sério, de qualidade e reconhecido por profissionais de um alto nível de formação acadêmica e experiência na área educacional”, diz.

O professor recebeu certificado de participação, além de um convite para participar de um debate em São Paulo na próxima semana para falar mais sobre o projeto.

Alunos apresentam em inglês a Escola de Educação Fundamental Professora Augusta Knorring

Significado na prática
Leticia Hoinatz, 13 anos, aluna que participou do projeto e atualmente está no 8º ano, afirma que o projeto foi muito interessante, pois cada etapa das atividades em sala de aula teve uma importância até chegar à prática.

“Ao assistir o vídeo da americana Rebecca pudemos perceber as diferenças de cultura e no cotidiano dela e do nosso, até porque ela é uma professora universitária. Eu fiquei muito feliz por ter entendido o que ela falava, e vimos que tudo o que aprendemos em sala de aula teve um significado”.

Letícia diz que com as cartas aprendeu a se apresentar de uma maneira adequada, criando um novo ciclo social. “O projeto me ajudou muito, pois aprendi um novo vocabulário. Aprendi a estruturar um texto, que é diferente de falar e é bem trabalhoso, pois temos que usar a gramática corretamente”.

Prêmio Educador Nota 10
Criado em 1998, o Prêmio Educador Nota 10 reconhece professores da Educação Infantil ao Ensino Médio e também coordenadores pedagógicos e gestores escolares de todo o país. Em 2017, foram 5.006 projetos inscritos, um crescimento de 20% em relação ao ano anterior.

Os educadores, de escolas públicas e privadas, inscrevem o trabalho em diferentes áreas de conhecimento. Uma comissão selecionadora, composta por profissionais da Educação, especialistas nas diversas disciplinas, analisa todos os trabalhos recebidos e, entre eles, são escolhidos os 50 finalistas, onde após são eleitos os dez Educadores Nota 10, e entre eles o Educador do Ano.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio