Projeto para construção de posto de saúde é questionado na Câmara

Preocupação dos vereadores é com área verde e com possíveis ações judiciais

Projeto para construção de posto de saúde é questionado na Câmara

Preocupação dos vereadores é com área verde e com possíveis ações judiciais

Com metade das cadeiras reservadas à plateia preenchidas por moradores do bairro Santa Rita, a reunião na Câmara de Vereadores de Brusque desta terça-feira, 29 de maio, iniciou um pouco tumultuada. 

De um lado os moradores do bairro, ansiosos pela votação do projeto que visa autorizar a construção de uma unidade de saúde em Santa Rita. Do outro, vereadores de oposição e situação tentando justificar o motivo que fazia com que o projeto não estivesse em pauta.

A presidente do Conselho Local de Saúde do bairro Santa Rita, Maria Aparecida Cristão, argumentou que compareceu à reunião, pois havia recebido garantias da prefeitura que o projeto seria votado na sessão.

O presidente da Casa, Celso Carlos Emydio da Silva (PSD), esclareceu aos presentes que o projeto está tramitando e que será votado na próxima semana. Ainda disse que foi um ato irresponsável ter dado garantias da votação nesta semana. 

Dejair  Machado (PSD), frisou que os vereadores não são contra a construção da unidade de saúde no bairro. Mas salientou que existem questionamentos sobre a legalidade do projeto. 

– Aquele região onde se quer construir o posto é uma área verde. Claro que área verde pertence ao município e cabe a ele administrar. Mas entre o município administrar e fazer uma construção, há diferenças. Além disso, o projeto de lei ainda está na Comissão de Legislação. Mas a ordem de serviço e o início da construção já começou. Então, está havendo uma inversão. Daqui a pouco, os moradores que residem próximo podem entrar com ação e buscar ressarcimento por ser área verde. Por esses motivos, é preciso ter esses esclarecimentos antes da votação – explicou. 

Além dos questionamentos feitos pelos vereadores, existe no bairro um conflito de opiniões sobre a obra. Alguns moradores defendem a construção no local, outros desejam que o endereço seja outro.

** Saiba mais detalhes na edição impressa do MDD desta quinta-feira, 31 de maio. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio