Proprietário de restaurante reclama de containers na Barão de Schneeburg

Mais uma reclamação sobre a Recicle chegou ao MDD, desta vez vinda de João Sgrott, proprietário do restaurante Pigalle

Proprietário de restaurante reclama de containers na Barão de Schneeburg

Mais uma reclamação sobre a Recicle chegou ao MDD, desta vez vinda de João Sgrott, proprietário do restaurante Pigalle

Outra reclamação relacionada à Recicle é do proprietário do restaurante Pigalle, João Sgrott. Alocado na praça Barão de Schneeburg, no Centro, há 29 anos, ele não lembra exatamente da data em que dois containers de coleta de lixo da empresa foram colocados em frente ao restaurante. Porém, Sgrott reclama das populações de moscas que habitam o espaço diariamente.

“Há muitas moscas, e elas acabam vindo para o restaurante. É extremamente anti-higiênico ter dois negócios desses na frente de um restaurante. A vigilância sanitária sempre fica atenta aos estabelecimentos, mas em relação a isso não faz nada. O negócio fica todo sujo. Eu tenho de ligar para a Recicle e pedir para eles lavarem ou trocarem os containers”, diz.

Mesmo contrariado com o local em que os coletores estão expostos, o proprietário deposita o lixo do restaurante ali mesmo. No entanto, ele afirma que as sacolas são lacradas e o problema está relacionado aos varredores da prefeitura que colocam “todo tipo de lixo” nos containers, sem sacola alguma.

A gerente da Recicle, Sulamita Lemos, diz que as caçambas foram solicitadas pela administração municipal para receberem o material de podas de árvores e de varrição da praça e das calçadas. Ainda segundo ela, os containers não se destinam à coleta de estabelecimentos comerciais e residenciais. Mesma informação repassada pelo diretor de Obras do município, Sérgio Luiz Gamba: “Somente servem para o lixo seco dos nossos varredores. Os estabelecimentos devem deixar os lixos em frente aos seus locais para serem recolhidos diariamente pela equipe da Recicle. Não temos como fiscalizar esse depósito nos containers, então é a população que deve se conscientizar”, afirma Gamba.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio