PT sela candidatura de Paulo Eccel no fim de semana

Plenária realizada pelo partido definiu nome do ex-prefeito como candidato a deputado estadual em outubro

PT sela candidatura de Paulo Eccel no fim de semana

Plenária realizada pelo partido definiu nome do ex-prefeito como candidato a deputado estadual em outubro

O PT de Brusque selou neste fim de semana a candidatura do ex-prefeito Paulo Eccel para as eleições de outubro. O partido anunciou que ele irá concorrer a deputado estadual.

Eccel voltará às urnas após ter sido afastado da prefeitura, em 2015, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o qual o condenou à perda do mandato e inelegibilidade por acusações de abuso de poder político e econômico nas eleições de 2018.

No entanto, no ano passado essa condenação foi revertida após decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que inocentou a ele, e seu vice, Evandro de Farias, das acusações de ter utilizado recursos de propaganda da prefeitura para fins eleitoreiros.

De acordo com o presidente do PT de Brusque, Cedenir Simon, Eccel tem participado de uma extensa agenda de visitas pelo estado, inclusive durante a caravana feita por Santa Catarina pelo ex-presidente Lula.

Eccel consultou lideranças de diversos municípios e teve também uma agenda em Brusque, indo às comunidades para medir o apoio a uma eventual candidatura. Na noite deste domingo, 1º de abril, uma plenária regional do partido serviu para definir os encaminhamentos daqui em diante.

“Nosso objetivo é o Paulo disputar um mandato que possa de fato viabilizar a eleição, e essa definição demanda um conjunto de fatores”, diz Simon.

“Para nossa alegria, as coisas são bem animadoras, estamos com plena convicção de que a gente pode ter sucesso nestas eleições com a candidatura do Paulo”, avalia o presidente do PT de Brusque.

A expectativa com o nome de Eccel é grande para o partido, uma vez que seu alcance eleitoral é visto como maior do que o alcançado pelo partido nas últimas eleições gerais, em 2014, quando conseguiu cerca de 11 mil votos com a candidatura de Marli Leandro a deputada federal.

Segundo o ex-prefeito, a receptividade e o reconhecimento da população pelo seu trabalho na gestão de Brusque impulsionam positivamente seu nome e a expectativa é por uma campanha vitoriosa nas eleições deste ano.

Na eleição ao governo do estado, o presidente do PT de Brusque avalia que os prognósticos também podem ser melhores do que no pleito de 2014.

O PT estadual filiou recentemente o ex-desembargador Lédio Rosa de Andrade, o qual, junto ao deputado federal Décio Lima, é cotado para disputar a eleição majoritária. Na avaliação de Simon, Décio está na frente para a nomeação como cabeça de chapa.

“Está numa situação boa porque há uma divisão do grupo que governa o estado há muito tempo”, diz. “Ele figura sempre em segundo ou terceiro na pesquisa do estado, a gente está muito animado que ele possa ser uma alternativa de governo ao que historicamente deve”, conclui.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio