Publicação do prefeito de Brusque no Facebook gera debates na Câmara

Vereadores rebateram afirmação de Jonas Paegle sobre autopromoção e sensacionalismo

Publicação do prefeito de Brusque no Facebook gera debates na Câmara

Vereadores rebateram afirmação de Jonas Paegle sobre autopromoção e sensacionalismo

A publicação do prefeito Jonas Paegle em sua página na rede social Facebook, na semana passada, sobre as críticas de alguns vereadores em relação à altura da ponte do Rio Branco, gerou discussão entre os vereadores na sessão desta terça-feira, 20.

Ao divulgar as medidas que serão tomadas pela prefeitura sobre a obra, o prefeito declarou: “Menos sensacionalismo. Pessoas que não tem o conhecimento técnico, deveriam se informar primeiro, antes de emitirem suas opiniões através de lives que tem por objetivo a autopromoção, ao invés de realmente colaborarem com as situações”.

Devido a declaração, alguns vereadores se defenderam na sessão desta terça-feira. O vereador Leonardo Schmitz (DEM), que costumeiramente utiliza a rede social para apontar problemas da cidade, afirma que não vai deixar de usar o Facebook para cobrar melhorias.

“Não vou me calar. Vou continuar com vídeos, com lives, é o meu dever como vereador eleito pelo povo”, diz. “
Da mesma forma, o prefeito vem mostrando suas obras em vídeos, então também é autopromoção, tem que medir bastante as palavras”, completa.

O vereador Jean Pirola (PP), que também tem utilizado os vídeos ao vivo do Facebook, se manifestou. Para ele, os vereadores estão apenas fazendo o seu papel como representantes da comunidade, utilizando as ferramentas disponíveis e de grande alcance.

“A sociedade clama pelo mínimo do executivo, que é a comunicação. Não temos comunicação da prefeitura, o que temos são notas à imprensa, que também já está cansada de não receber os esclarecimentos devidos”.

O vereador Marcos Deichmann (PEN), afirma que as publicações feitas pelos vereadores nas redes sociais servem de auxílio ao prefeito, que pode ter conhecimento do que precisa ser feito.

“Com as nossas publicações, estamos ajudando muito mais do que ficando quietos, não falando nada e deixando o governo se virar sozinho. Mais de 90% das indicações feitas na Câmara são desse grupo sensacionalista, que está ajudando o governo a ver o que precisa ser feito”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio