Quase 20 medicamentos estão em falta na rede pública de Brusque

Secretaria de Saúde afirma que tenta suprir demanda adquirindo remédios por meio de consórcio regional

Quase 20 medicamentos estão em falta na rede pública de Brusque

Secretaria de Saúde afirma que tenta suprir demanda adquirindo remédios por meio de consórcio regional

Dezesseis tipos de medicamentos estão em falta nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Farmácia Básica de Brusque. A prefeitura informa que os itens já foram solicitados e que a situação pode ser regularizada a qualquer momento.

A diretora de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Saúde, Jeniffer Barni, afirma que a situação ocorre por diversas situações, como falta de matéria-prima para a produção e falta de fornecedor. “Estamos fazendo o possível para resolver o problema, mas é uma situação externa. Tivemos que iniciar um novo processo licitatório para compra de medicamentos e, com a crise econômica, tem muita empresa quebrando, mas só podemos comprar de quem ganhou a licitação”, diz.

Ela afirma alguns remédios aguardam apenas o fornecimento da empresa licitada. Segunda Jeniffer, a Secretaria de Saúde também está adquirindo medicamentos por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale (Cisamvi) e por compra direta. “Tentamos amenizar a situação com a Ammvi [associação de municípios do Médio Vale], mas outros municípios também adquirem de lá, por isso, ocorrem atrasos”.

Um novo processo licitatório já está em tramitação a fim de suprir os itens que sofreram desistências por parte dos fornecedores, que não foram fornecidos pelas distribuidoras ou ainda, que a empresa não foi habilitada para o fornecimento.
“Há interesse por parte da Secretaria de Saúde em regularizar a situação, estamos tentando resolver o quanto antes para a população ser rapidamente atendida. O que ressaltamos é que é um problema pontual, não quer dizer que estamos enfrentando uma falta de medicamentos. São alguns tipos apenas”.

Atualmente, a Relação Municipal de Medicamentos (Remume) conta com 198 itens em Brusque. Na lista de medicamentos, que varia em cada município, estão em falta analgésicos, medicamentos para pressão, vitaminas, entre outros.


Relação de medicamentos que estão em falta em Brusque

  • Alopurinol – 100 mg
  • Carbamazepina – 200 mg
  • Cefalexina – 500 mg
  • Cinarizina – 75 mg
  • Doxazosina, mesilato – 2 mg
  • Doxazosina, mesilato – 4 mg
  • Escopolamina+dipirona comprimido
  • Escopolamina – 10 mg/ml – gotas
  • Espironolactona – 25 mg
  • Estrogenios conjugados – creme vaginal
  • Gliclazida – 80 mg
  • Isossorbida – dinitrato 10 mg
  • Miconazol 2% – 20 mg/g: creme dermatológico
  • Prednisona – 20 mg
  • Tiamazol-tapazol – 10 mg comprimido
  • Vitamina complexo b – b1,b2,b3,b5,b6 – comprimido

Fonte: Secretaria de Saúde de Brusque

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio