Rainha e princesas da Festa Bergamasca serão escolhidas neste sábado

Concurso faz parte do evento que acontece entre 12 e 14 de junho e comemora o aniversário de Botuverá

Rainha e princesas da Festa Bergamasca serão escolhidas neste sábado

Concurso faz parte do evento que acontece entre 12 e 14 de junho e comemora o aniversário de Botuverá

Já iniciaram os preparativos para a 24ª edição da Festa Bergamasca de Botuverá. Amanhã à noite tem a escolha da rainha e das duas princesas do evento que acontece entre os dias 12 e 14 de junho, no salão paroquial São José. A festa faz parte das comemorações do aniversário de 53 anos da cidade.

Sete candidatas entre 15 e 21 anos participam do concurso para o posto de rainha e duas princesas, que irão suceder Eduarda Paloschi, Nathieli Bresciani Colombi e Cerena Bonomini, além de representar a cidade em outras festas tradicionais na região. Carmelita Vicentini Maestri, organizadora do evento, conta que as vencedoras do ano passado levaram o nome de Botuverá a vários eventos, como a Festa Pomerana e a Fenarreco.

“As inscrições foram até o dia 15 de abril e para se inscrever tinha que ter no mínimo 15 anos, não ser casada e não ter filhos. Isso porque para ser rainha e princesas é necessário ter disponibilidade para viajar e representar o município em eventos e festas nas cidades da região”, conta. As vencedoras do concurso irão receber um prêmio em dinheiro – valor não foi revelado -, além de prêmios fornecidos pelos patrocinadores, como joias e roupas, por exemplo.

As candidatas ao título vão se apresentar na passarela com traje típico italiano e um grupo de jurados irá avaliar a postura, beleza e simpatia de todas as concorrentes. O tradicional baile da escolha da rainha é organizado pelo Grupo de Idosos da Alegria e da Amizade de Botuverá e terá início às 22h.
Festa celebra a tradição ítalo-bergamasca

Botuverá se emancipou de Brusque em 10 de junho de 1961 e a Festa Bergamasca faz parte das comemorações do aniversário da cidade desde 1991. O evento recebe este nome pela forte tradição da cultura ítalo-bergamasca. Dos descendentes vindos da Itália, o dialeto bergamasco é a língua italiana que praticamente 95% das famílias do município ainda falam.

“Esperamos receber entre quatro e cinco mil pessoas nos dias de festa, tanto os moradores quanto turistas da região. Temos muitas famílias que foram embora da cidade e voltam nessa época do ano para relembrar suas raízes e isso é muito gratificante para a nossa cidade”, declara José Luiz Colombi, o Nene, prefeito de Botuverá.

Segundo Edilson Maestri, chefe de gabinete da prefeitura, a montagem da estrutura da Festa Bergamasca começará na semana do evento. Além do salão São José, estandes e lonas devem ser colocadas em todo o espaço do pátio da igreja. “Ali serão servidos os pratos da festa e onde serão vendidos produtos aos visitantes. Além disso, começaremos também a preparação para os shows que devem compor os três dias de evento”, conta.

O evento inicia às 18h com a missa na Igreja Matriz São José e, em seguida, acontece a abertura oficial da festa. Entre as atrações culturais estão duplas e bandas regionais, além do Coral Giuseppe Verdi, de Botuverá.

Na alimentação ainda são mantidas as tradições dos antepassados dos botuveraenses. O principal prato das famílias até hoje é a polenta, galinha caipira ensopada, queijo, aipim, macarrão e salame.

 

Alessandra Cuchi 21 anos
Alessandra Cuchi
21 anos

 

Nathieli Bresciani Colombi 17 anos
Nathieli Bresciani Colombi
17 anos
Lariane Busquirolli 15 anos
Lariane Busquirolli
15 anos

 

Sabrina Schwantz Gelzieichter 15 anos
Sabrina Schwantz Gelzieichter
15 anos
Shirlei Plonkoski 16 anos
Shirlei Plonkoski
16 anos
Tainá Pedrini 15 anos
Tainá Pedrini
15 anos
Tainá Pedrini 15 anos
Tainá Pedrini
15 anos

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio