Rapaz acusado de estuprar criança é ameaçado por moradores do residencial Sesquicentenário

Ele retornou ao apartamento onde morava para buscar pertences e foi hostilizado por vizinhos

Rapaz acusado de estuprar criança é ameaçado por moradores do residencial Sesquicentenário

Ele retornou ao apartamento onde morava para buscar pertences e foi hostilizado por vizinhos

Um rapaz que foi vítima de tentativa de linchamento, no começo de abril, após ser acusado de ter estuprado uma criança de quatro anos no residencial Sesquicentenário, no bairro Limeira, relatou à Polícia Civil que foi novamente ameaçado pelos vizinhos.

A mãe dele foi à delegacia neste fim de semana para informar que, na sexta-feira, 29, ela e o filho voltaram ao local para buscar alguns pertences (Desde a acusação de estupro, tiveram que deixar o apartamento).

Lá, segundo registrado no boletim de ocorrência, eles foram interpelados por moradores, os quais não foram identificados, mas que os ameaçaram. “Vocês querem morrer voltando aqui?”, gritavam os condôminos, conforme o relato.

Na noite do dia 1º de abril, a Polícia Militar teve que agir para evitar o linchamento do rapaz, o qual alegou que o responsável pelo estupro da criança era seu primo, que não estava mais para o local, e que por engano sobrou para ele a revolta popular.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio