Recicle e moradores do Primeiro de Maio chegam a acordo sobre coleta de lixo

Caminhão não passava em duas ruas por segurança; coleta passará a ser feita com veículos menores

Recicle e moradores do Primeiro de Maio chegam a acordo sobre coleta de lixo

Caminhão não passava em duas ruas por segurança; coleta passará a ser feita com veículos menores

Moradores das ruas José Ramiro Dias e Eduardo Wiederkehr, no bairro Primeiro de Maio, chegaram a um acordo com a empresa Recicle sobre a coleta de lixo no local, a qual, segundo eles, não estava sendo feita a contento.

O problema é que as ruas ficam em lugares altos, com curvas acentuadas. Por razões de segurança, os caminhões da Recicle não conseguem subir até lá para fazer a coleta individual.

Leia também:
Justiça diz que prefeitura tem que fornecer vaga em creche distante até 5 km da casa da criança
Ligação entre rua Itajaí e rodovia Antônio Heil terá pavimentação concluída até esta quinta-feira

Além disso, há uma placa de sinalização de trânsito que proíbe o tráfego de veículos com peso bruto acima de quatro toneladas, faixa na qual os caminhões da Recicle se enquadram.

Paliativamente, o que estava sendo feito é a coleta do lixo por meio de uma caixa coletora instalada no começo da rua. Essa solução, no entanto, também não agrada os moradores, já que o acúmulo de lixo em um mesmo local estava gerando um forte cheiro na vizinhança.

Com isso, o Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), após receber uma representação feita por moradores, mediou uma solução para o caso.

Uma reunião foi realizada na 6ª Promotoria de Justiça de Brusque, que tem atribuição na área ambiental, na última sexta-feira, 22.

Estavam presentes os moradores dos locais afetados e representantes da Recicle. Também estava presente a promotora da 4ª Promotoria de Justiça, Susana Carnaúba, que tem atribuição na área do direito do consumidor.

Leia também:
Moradores temem uso da praça do Bruschal para ampliação de cemitério
Ciclistas reclamam de falta de tachões na ciclofaixa da avenida Primeiro de Maio

O objetivo era discutir soluções para problema relacionado à falta de coleta de lixo individualizada nas residências localizadas nas duas ruas.

Para solucionar o caso, a Recicle se comprometeu a iniciar a coleta individualizada nas residências já nesta quarta-feira, 27. Para isso, a empresa mandará ao local veículos de menor porte.

A partir desta segunda-feira eles estão sendo comunicados pela empresa para não mais depositar seu lixo na caixa coletora atualmente instalada no local, e que eles passem a depositar os materiais em frente às suas casas.

Também ficou determinado que a coleta de materiais recicláveis será feita também individualmente, nas quintas-feiras, à tarde. Com isso, as caixas coletoras instaladas atualmente na via também serão retiradas.

O problema da falta de coleta de lixo no local é antigo, e há mais de cinco anos já havia reclamações relacionadas ao fato dos caminhões não subirem as ruas para realizar a coleta.

Uma representação já havia sido feita ao Ministério Público em 2012, mas, à época, foi arquivada, porque o órgão entendeu que a coleta de lixo de forma alternativa era viável ao local.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio