Reforma garante melhor estrutura para atuação do Tiro de Guerra de Brusque

Além do prédio principal, banheiros, vestiários, pátio e salas de instrução receberam melhorias

Reforma garante melhor estrutura para atuação do Tiro de Guerra de Brusque

Além do prédio principal, banheiros, vestiários, pátio e salas de instrução receberam melhorias

As reformas do Tiro de Guerra de Brusque, o TG 05-005, modernizaram a estrutura localizada no bairro São Luiz e podem ampliar o número de atiradores. Além do prédio principal, que tem mais de 100 anos, banheiros, vestiários, pátio e salas de instrução receberam melhorias no primeiro semestre.

Na última semana, o local foi vistoriado pelo chefe da Seção dos Tiros de Guerra da 5ª Região, tenente-coronel Valdileno Bezerra da Silva. Foi a primeira inspeção desde a conclusão e entrega dos serviços, em maio desde ano.

Veja também:
Brusque tem quase 600 ruas oficiais sem pavimentação

Idoso vai a júri popular por tentativa de homicídio motivado por ciúmes

Comissão processante investiga fraude na previdência dos servidores

“Após concluídas as obras, o impacto positivo foi sentido. Nas condições que estava antes, era bem precário”, descreve o chefe de Instrução, subtenente Rubens Justiniano Evangelista. Desde janeiro, ele comanda as atividades do TG. Além dele, a unidade conta com o sub-tenente Júlio André Rech como instrutor.

Segundo o comandante, com a rotina de eventos no local, havia a necessidade de espaços pensados a um público mais variado, como banheiros adaptados para pessoas com deficiência e para o público feminino. Outro ponto destacado foi a melhoria das condições de uso pelos atiradores.

Como resultado direto, Evangelista destaca a melhoria nas condições de recepção e instrução dos novos atiradores, com 19 anos de idade. “Imagina você ser pai ou ter familiar servindo no TG e, ao chegar no local, não ver condições adequadas para uma boa permanência.”

Sala de instrução recebeu forro e sistema de ar condicionado | Marcelo Gouvêa

Mudanças na prática
As mudanças ocorreram após três meses de trabalho. Os projetos fizeram parte de um termo de cooperação entre a prefeitura e a Havan, no primeiro semestre deste ano. Elas foram feitas como uma contrapartida pela demolição do prédio histórico onde opera a pizzaria A Italianinha.

Desde maio, áreas sem forro deram lugar a novos telhados e sistema de ar-condicionado. Antes, períodos de calor excessivo e o barulho gerado com as chuvas atrapalhavam as instruções ministradas no espaço.

Além da sala de instruções e dos banheiros, os vestiários do local receberam melhorias e uma nova guarita foi construída. O prédio principal, de 1941, também recebeu melhorias na pintura. A guarda passou a ter um alojamento próprio.

O TG de Brusque teve a estrutura avaliada como uma das piores da região, durante inspeção realizada no ano passado. Por isso, o TG precisou reduzir o número de jovens inscritos para este ano.

Área externa costuma ser utilizada para eventos, homenagens e formaturas | Marcelo Gouvêa

Busca por melhorias
Cerca de 100 atiradores são formados por ano no local. Segundo ele, o volume ajuda a manter a proximidade da população com o TG. Evangelista destaca o papel da unidade na manutenção dos valores morais de quem passa pelo local. “Somos uma escola de cidadania e civismo, além de formar o atirador.”

Veja também:
Acusado de homicídio no trânsito ocorrido em 2016 vai a júri popular

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Motorista morre após perder controle de carro e invadir terreno, em Blumenau

Mesmo com os serviços desenvolvidos neste ano, o local ainda apresenta limitações na atuação. Com apenas uma área de instruções, não há possibilidade de criar grupos de trabalho menores. Eles também não possuem espaços para esporte e lazer e as práticas físicas são limitadas a corridas externas.

Segundo Evangelista, mobilizações para busca de melhorias da infraestrutura estão sendo desenvolvidos para complementar a infraestrutura disponível. O comandante tem feito a cotação de serviços para revisão elétrica, finalização do cercamento e substituição de mobília. A área também tem recebido um novo sistema de monitoramento.

Instrutores ressaltam modernização e melhoria das condições de atividades no local | Marcelo Gouvêa
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio