Relator da Lava-Jato revoga alvará de soltura do ex-presidente Lula

Gebran Neto diz que decisão pela libertação de Lula não poderia ter sido tomada pelo plantonista do tribunal

Relator da Lava-Jato revoga alvará de soltura do ex-presidente Lula

Gebran Neto diz que decisão pela libertação de Lula não poderia ter sido tomada pelo plantonista do tribunal

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da operação Lava-Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), revogou o alvará de soltura que havia sido concedido ao ex-presidente Luis Ignácio Lula da Silva.

O alvará de soltura havia sido expedido em regime de plantão neste domingo, pelo desembargador plantonista Rogério Favreto.

No entanto, Gebran acatou manifestação do Ministério Público, o qual afirmou que o plantão judiciário não serve para revisar decisão de órgão colegiado, que já havia, anteriormente, negado habeas corpus a Lula.

“Determino que a autoridade coatora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma”, disse Gebran Neto, na decisão.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio