Renaux apresenta contra-proposta ao Brusque FC para uso do Augusto Bauer

Diretoria do Vovô aceita parcelamento da dívida, desde que receba cheques particulares de dirigentes do Marreco e haja repasse direto de valores que garantam o pagamento do aluguel

Renaux apresenta contra-proposta ao Brusque FC para uso do Augusto Bauer

Diretoria do Vovô aceita parcelamento da dívida, desde que receba cheques particulares de dirigentes do Marreco e haja repasse direto de valores que garantam o pagamento do aluguel

A diretoria do Carlos Renaux fará uma contra-proposta ao Brusque FC para cessão do estádio Augusto Bauer na Divisão Especial do Campeonato Catarinense.

Os dirigentes do Vovô se reuniram na terça-feira à noite, 14 de abril, para discutir a oferta de pagamento da dívida do Marreco com o clube, que hoje é de R$ 19 mil. O Brusque pretende pagar o valor em dez parcelas de R$ 2 mil. 

A proposta foi aceita por integrantes do Vovô, após mais de uma hora e meia de discussão. Muitos temem que o acordo não seja cumprido. A quantidade de parcelas também foi questionada por grande parte da cúpula do clube. Por se tratar de uma dívida antiga, a maioria preferia que o pagamento ocorresse em até quatro prestações de R$ 5 mil. 

Mesmo após o acordo ser aceito, os membros da direção do Vovô chegaram a conclusão de que a negociação só será confirmada desde que a dívida seja paga em cheques nominais do presidente do Brusque, Danilo Rezini, ou de seu vice, João Beuting. “O Carlos Renaux tem interesse em alugar, desde que estabelecidos alguns critérios”, alegou o presidente do clube, Juca Loos.

Outro ponto de discussão é a formalização de um novo contrato para uso do local, já que o último perdeu a validade após o Brusque não honrar o acordo anterior. Uma das sugestões apresentadas é que o Renaux possa ser beneficiado por meio de publicidade acordada entre o Brusque FC e empresas patrocinadoras.

Com isso, o valor da exposição que seria repassado ao Marreco é disponibilizado diretamente ao Carlos Renaux. “Eles colocam uma placa de parceiros deles, e nos dão autorização em contrato para receber o valor para pagar o aluguel do estádio”.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio