Requerimento para reunião entre secretário de Saúde e administrador do Hospital Azambuja é aprovado

Encontro visa resolver os desentendimentos entre as duas instituições

Requerimento para reunião entre secretário de Saúde e administrador do Hospital Azambuja é aprovado

Encontro visa resolver os desentendimentos entre as duas instituições

Os vereadores aprovaram na sessão desta terça-feira, 4, requerimento de autoria de Jean Pirola (PP) e Marcos Deichmann (Patriota) convocando reunião com o secretário de Saúde, Humberto Fornari, e com o administrador do Hospital Azambuja, Evandro Roza, para discutir o sistema de saúde do município.

Pirola afirma que a intenção da reunião é tentar entender toda a situação envolvendo o hospital e a Secretaria de Saúde que nas últimas semanas têm discordado sobre os problemas enfrentados pelo hospital, principalmente, devido a superlotação do pronto-socorro e a falta de eficiência das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

“Com essa reunião queremos ponderar todos os pontos para resolver esse problema. Vemos uma urgência de trazer as partes aqui porque cada um fala uma coisa, não se sabe o que está acontecendo”.

O vereador Celso Emydio (DEM) destacou a importância da participação de um membro do Ministério Público (MP-SC) na reunião, já que há um envolvimento legal grande que influencia o relacionamento entre o hospital e a administração municipal.

“São fatores que acabam sendo importantes e complicam a vida do gestor e criando crise aos hospitais filantrópicos. É um assunto complexo e o gestor também tem muita dificuldade”.

Comissão de Saúde
Na sessão, também foi discutido requerimento de autoria do vereador Paulo Sestrem (Patriota), que solicitava a criação de uma Comissão Especial com a finalidade de analisar se os encaminhamentos realizados pela Comissão Especial da Saúde, criada em 2017, foram concretizados, e ainda ampliar as investigações para esclarecer a situação do sistema municipal de saúde.

“Em 2017, a comissão conseguiu trazer à tona algumas situações encontradas na saúde de Brusque. Conseguimos fazer de forma transparente e sugerimos diversas mudanças para serem implementadas que melhorariam o sistema municipal. A Câmara é muito cobrada pela população sobre a situação da saúde. Essa nova comissão iria rever toda essa situação, rediscutir o assunto e quem sabe trazer um entendimento sobre essa situação”.

O requerimento, entretanto, foi retirado de pauta por 30 dias por solicitação do vereador Ivan Martins, já que os vereadores acharam por bem realizar a reunião com os representantes do hospital e da secretaria de Saúde antes de pensarem em formar uma nova comissão na Casa.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio