Reunião entre oposição e prefeitura deve selar aproximação com o governo

Líder do grupo, o vereador Sebastião Lima diz que a intenção é trabalhar em parceria com o Executivo

Reunião entre oposição e prefeitura deve selar aproximação com o governo

Líder do grupo, o vereador Sebastião Lima diz que a intenção é trabalhar em parceria com o Executivo

Está para ser agendada uma reunião entre o prefeito Jonas Paegle e o vice-prefeito Ari Vequi com os vereadores que fazem parte do bloco de oposição na Câmara de Brusque. O encontro é uma solicitação do líder do grupo, o vereador Sebastião Lima (PSDB), que pretende uma aproximação com o Executivo.

O bloco de oposição foi formalizado há duas semanas e até foi centro de uma polêmica durante sessão da Câmara, já que Lima disse que preferia que o grupo fosse chamado de “Vereadores por Brusque”, ao invés de simplesmente, grupo de oposição.

Segundo ele, o bloco formado também por Ana Helena Boos (PP), Jean Pirola (PP), Marcos Deichmann (PEN), Paulo Sestrem (PRP), Leonardo Schmitz (DEM) e Claudemir Duarte (PT) pretende atuar de forma diferente, e não ser somente uma ‘oposição por oposição’.

“A nossa ideia é achar uma forma de fazer uma conciliação, onde a gente não perca a finalidade real de cada um dos poderes, mas que se faça o que se promete, não impedindo o governo de trabalhar, mas trabalhando com ele. Não queremos deixar este tipo de conduta antiga usada pela oposição, que é denegrir todos os atos do governo, nos atrapalhar”, diz.

Por isso, o vereador considera importante esta reunião de aproximação, para mostrar ao Executivo que todos estão dispostos a colaborar. Ele afirma também que a postura dos vereadores que formam o grupo será sempre o diálogo com a administração, antes de fazer um pré-julgamento ou tomar qualquer atitude.

“Se vejo uma coisa que não é correta, vou primeiro tentar alertar para ser corrigido, se depois disso, não for corrigido, aí sim, vou apontar. Não queremos manchar a imagem do Executivo só para autopromoção, a ideia é trabalhar todo mundo junto. Não considero que isso seja um trabalho frouxo, mas algo que contribui para que se atinja o objetivo, que é trabalhar pela comunidade”.

O vereador diz ainda que a palavra oposição está deteriorada e, por isso, a intenção dos sete vereadores é mudar este cenário. “A oposição representa o rancor, a inveja. Geralmente, quem perde torce para que quem ganhou não tenha uma administração produtiva para não facilitar uma reeleição, por exemplo. Isso acontecia no passado, e não queremos ir nesta linha”.

Lima diz que o encontro com prefeito e vice ainda não tem data e, provavelmente, deve acontecer após o recesso parlamentar que inicia na próxima segunda-feira, 17, e segue até o dia 31 de julho.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio