Rio sobe 2,10 metros em apenas uma hora, em Botuverá

Tempo segue instável nas três cidades, com intervalos de chuva e estiagem

Rio sobe 2,10 metros em apenas uma hora, em Botuverá

Tempo segue instável nas três cidades, com intervalos de chuva e estiagem

Na medição das 2h desta segunda-feira, 5, o rio Itajaí-Mirim chegou a 3,34 metros em Brusque. O fluxo de água de Vidal Ramos ainda não chegou, portanto, este número representa apenas o volume de chuva que caiu em Brusque. Em uma hora, foi registrado o aumento de 4 centímetros.

Em Botuverá, o rio chegou a 4,94 metros às 2h, com crescimento de 2,10 metros em uma hora. Informações da prefeitura dão conta que às 2h40, o nível já chegou a 5,82 metros.

Já em Vidal Ramos, o rio segue baixando. Às 2h, já estava em 3,93 metros. Os dados são do Ceops/Furb.

O tempo segue instável nas três cidades, com intervalos de chuva e estiagem. A maior parte do tempo, no entanto, não chove.

A Defesa Civil acredita que poderá fazer uma nova projeção de pico entre 4h30 e 5h.

As águas demoram 5 horas para chegar em Botuverá, a partir das cabeceiras em Vidal Ramos, onde choveu 75 milímetros em poucas horas. Até Brusque, são cerca de 12 horas.

Em Brusque, o rio trasborda em pontos mais baixos com cerca de 4,90 metros.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio