Saiba mais das novas regras da Língua Portuguesa

Confira o que muda no que você escreve hoje, para escrever certo amanhã

Saiba mais das novas regras da Língua Portuguesa

Confira o que muda no que você escreve hoje, para escrever certo amanhã

Trema, ficou apenas nos nomes próprios – Crédito: Sarita Gianesini

Confira as principais mudanças do acordo ortográfico que entra em vigor em 2013.


Alfabeto ganha 3 letras: K, W e Y

Trema: não será mais usado, com exceção de nomes estrangeiros e seus derivados, como Müller, mülleriano, hübner, hübneriano

Acento diferencial


*O acento deixa de ser usado para diferenciar as palavras com a mesma grafia e significados diferentes, como pára (verbo), para (preposição), pólo/polo, pélo/pelo. 

*Continua valendo para o verbo PÔR, para diferenciar da preposição POR. E também no verbo PÔDE (passado) para diferencias de PODE (presente)

Acento Circunflexo

*Palavras com o hiato “oo” deixam de receber o acento nas palavras paroxítonas e nos vocábulos com histo “ee”, o acento circunflexo é eliminado como nas flexões de CRER, DAR, LER, VER e seus derivados. 

Exemplos:

Antes                    Agora
abençôo                abençoo
vôos                      voos
perdôo                  perdoo
crêem                   creem
vêem                    veem

Acento Agudo

*Não são mais acentuadas as paroxítonas (penúltima sílaba mais forte) com vogais “i” e “u” tônicas precedidas de ditongo

Antes             Agora
Baiúca            baiuca 
feiúra              feiura
bocaiúva         bocaiuva

*No entanto continuam sendo acentuadas as oxítonas terminadas em “èis”, “éu” e “óis”, como pastéis, troféus e heróis.
*O vocábulo ideia também perdeu o acento, como todas as paroxítonas com ditongos “éi” e “oi”:   

Antes                  Agora
idéia                     ideia
apóia                    apoia
assembléia            assembleia
geléia                    geleia
jibóia                   jiboia
platéia                  plateia
jóia                       joia
estréia                  estreia

*  O “u” tônico dos verbos arguir e redarguir conjugados na segunda  e na terceira pessoa do singular e do plural do presente não será mais acentuado. 

Exemplo:

Antes                    Agora
Tu argúis              Tu arguis
Ele argúi                Ele argui
Eles argúem           Eles argúem

* Os verbos do tipo aguar, apaniguar, apazigar, apropinquar, averiguar, desaguar, enxaguar, obliquar e delinquir e seus afins, por oferecerem duas possibilidades de pronúncia – com tonicidade na vogal “u” ou nas vogais “a” / “i” – permitem duas formas de acentuação. Exemplos: averiguo ou averíguo, anxáguo ou exáguo e delínquo ou delinquo.


Hífen

O que muda

*Se a vogal final do prefixo é igual à vogal do segundo elemento: anti-igualitário, arqui-inimigo, eletro-ótica, extra-atmosférico, ultra-apressado
Vale lembrar que já eram grafados antes da reforma com hífen: contra-ataque, extra-alcance, infra-assinado etc
* Se, ao ligar duas ou mais palavras, forma encadeamentos vocabulares: ponte Rio-Niterói, percurso Lisboa – Coimbra -Porto, ligação Angola-Moçambique

Tire dúvidas: 

No Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), da Academia Brasileira de Letras

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio