Saiba quais cuidados se deve ter com crianças no verão

Filtro solar com fator de proteção 25 ou mais é recomendado para crianças a partir dos seis meses

Saiba quais cuidados se deve ter com crianças no verão

Filtro solar com fator de proteção 25 ou mais é recomendado para crianças a partir dos seis meses

No verão, fazer passeios ao ar livre tornou-se programa quase obrigatório. No entanto, antes de aproveitar as atividades, alguns cuidados são necessários, principalmente com as crianças.

Confira as dicas da pediatra do Ambulatório de Pediatria do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), Marlene Assumpção:

Quais são os problemas de saúde mais comuns nessa época do ano?
Desidratação, intoxicação alimentar, insolação, micoses, otites, conjuntivites e, em bebês, brotoejas e queimaduras.

O que os pais podem fazer para proteger os filhos?
São várias as medidas: Frequentar locais arejados e com sombra; evitar expô-los ao sol. A partir do momento em que o pequeno completar seis meses, é indicado aplicar filtro solar com FPS 25 ou mais; vesti-los com roupas leves; incentivá-los a lavar as mãos com frequência; separar objetos de uso pessoal; verificar as condições de higiene dos alimentos, especialmente se a refeição for realizada fora de casa; ofereça líquidos regularmente para mantê-los hidratados.

Os menores de seis meses devem receber apenas o leite materno. Ao sinal de qualquer problema com a saúde da criança, o médico deverá ser procurado.

Há recomendações sobre a quantidade de banhos e troca de fraldas?
Os banhos são interessantes porque higienizam e relaxam os bebês. Dependendo da temperatura ambiente, podem ser dados dois ou até mais por dia. Mas o uso de sabonete, neutro, só está liberado no da manhã. Nos demais, somente água morna. Com relação às fraldas, não há mistério: basta trocá-las quando eles fizerem as necessidades.

E as mães lactantes, devem mudar a dieta no período?
Alimentação variada, com legumes, frutas, verduras, grãos e proteínas (frango, carne bovina, peixe e ovos), além de líquidos em abundância. Deve-se evitar comer mais de 100g de chocolate e bebidas com cafeína (café, refrigerante, mate). Álcool e cigarros são terminantemente proibidos.

Muitos têm dúvida quanto ao ar-condicionado. Existe alguma restrição ao uso?
Exceto na hora do banho, não. Mas são necessários alguns cuidados. O aparelho não pode ser instalado próximo ao berço, os filtros precisam ser limpos semanalmente e, para conforto dos bebês, a temperatura deve ficar em torno de 25 graus.

A partir de que momento as crianças estão liberados para “sair de casa”?
O problema para eles não é sair, mas pegar infecções de outras pessoas. Dessa forma, os primeiros passos devem ser ao ar livre, longe de aglomerações, e na casa de indivíduos saudáveis.

Quanto aos locais que não tenham essas características, embora não exista uma recomendação específica, é interessante esperar até o quarto mês, quando as vacinas já terão protegido os bebês de boa parte dos vírus e bactérias.

Até lá, se precisar ir ao shopping, bancos ou supermercados, é melhor optar pelos horários de menor movimento. Caso alguém vá segurar a criança, peça para que lave as mãos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio