Salão Off-Road da Fenajeep oferece variedade de equipamentos e acessórios

Evento contou com bastante movimento do público no fim de semana

Salão Off-Road da Fenajeep oferece variedade de equipamentos e acessórios

Evento contou com bastante movimento do público no fim de semana

O tradicional Salão Off-Road da Fenajeep reuniu diversas lojas e marcas de diversas partes do Brasil, procurando fechar os melhores negócios com os jipeiros que procuram realizar melhorias e atualizações em seus veículos.

Na 25ª edição da Festa Nacional do Jeep, os expositores lamentaram o inevitável adiamento em função das paralisações dos caminhoneiros porque um feriado no calendário do evento é muito importante. Ainda assim, o salão contou com bastante movimento do público, trazendo resultados satisfatórios na ocasião.

Daniel Luiz Manzi é diretor da HD 4×4, empresa que fabrica e vende diversos componentes e peças de transmissão, semi-eixo e guincho de off-road em São Carlos (SP) e já está presente na Fenajeep há seis anos. Apesar de também vender para empresas, ele explica que quem mais procura as peças na Fenajeep são pessoas físicas que entendem sobre o assunto e recebem indicações.

“Uns 60% do público entende e sabe fazer a manutenção. Os outros 40% entendem, mas precisam do auxílio de um mecânico”, explica.

Sobre a Fenajeep, Manzi diz que não tem como comparar o público com outras edições porque o adiamento forçado do evento fez com que houvesse um dia a menos. Nas datas originais, o feriado de Corpus Christi beneficiaria a festa como um todo. “Nossa expectativa foi mais baixa, mas vimos que o público não veio só pra visitar, olhar e conhecer. São pessoas que já vêm com o intuito de fechar negócio”.

A Bardahl ofereceu produtos a preços abaixo do mercado e preparou um espaço para crianças, em um circuito off-road para carrinhos de controle remoto em parceria com o fabricante dos brinquedos. Para que elas brincassem, os pais precisavam comprar algum item do estande. “Temos participado de todas as edições da Fenajeep, sempre trazendo novidades. A criançada enlouqueceu. Vendemos muitos limpa-vidros, que são baratinhos. Os pais compram felizes e as crianças têm a chance de brincar”, explica Marcelo Moreira, representante da empresa.

O diretor comercial da Mamute Off-Road, Vinícius Polati, conta que a empresa curitibana está presente na Fenajeep há 11 anos. “Vendemos pneus e acessórios, mas os pneus novos, recapados e rodas de aço são nosso carro-chefe. A falta do feriado e o adiamento atrapalhou um pouco, mas o objetivo sempre é fazer vários negócios.”

Polati também elogia a Fenajeep no sentido de que ele tem a tradição de fechar negócios, diferentemente de outros eventos. Além disso, pontua que os clientes são conhecedores dos produtos, e já sabem o que querem. “As pessoas já vem focadas em fechar negócio. Também por isso que o adiamento acabou prejudicando, porque elas tem as programações delas. Mas este é o perfil. Temos clientes que vêm de Curitiba para conseguir condições especiais e já sair com o produto”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio