Cansado de revezar temporadas entre as Séries B e C, o Sampaio Corrêa quer mudar de patamar e, ao menos, repetir a ótima campanha de 2020, quando figurou no G-4 em diversas rodadas, mas acabou no sexto lugar. Chega novamente como campeão maranhense e promoveu diversas mudanças no elenco.

Desembarcam em São Luís o atacante Gustavo Ramos (ex-Caxias), que retorna à Bolívia Querida após empréstimo, o volante Mauro Silva e o lateral-direito Watson Pires (ex-Portuguesa-RJ), o goleiro João Paulo (ex-Juventude-MA) e o atacante Roney (volta de empréstimo ao Novorizontino).

Entre os primeiros reforços, estão Jean Silva e Zé Mário (ex-Ypiranga), além dos meio-campistas Guilherme Campana (ex-Castanhal) e Daniel Costa (ex-São Bento). Para tanta gente chegar, muitos tiveram que sair. Dione, Sávio, Gabriel Vasconcelos, Michel não integram mais o elenco.

O técnico português Daniel Neri, de 41 anos, chegou ao Sampaio, fez quatro jogos à frente da equipe, não teve derrotas, foi campeão maranhense, e ainda assim a diretoria decidiu substitui-lo. Felipe Surian, ex-Portuguesa-RJ, chega para a Série B.

Destaques


André Luiz: o volante de 25 anos acumula 47 jogos pelo clube desde que chegou, no ano passado. É uma das referências no meio-campo da Bolívia Querida.


Jefinho
: emprestado pelo Paysandu, tem seis gols em 19 jogos. O atacante de 27 anos é o artilheiro do Sampaio Corrêa na temporada.


Mota
: experiente, o goleiro atuou em 20 dos 21 jogos da Bolívia Querida na temporada, sofreu apenas 16 gols. Tem 36 anos e passagens recentes por Paysandu e CSA.


Sampaio Corrêa
Futebol Clube

São Luís (MA)
Fundação: 25 de março de 1923
Estádio: Governador João Castelo, o Castelão (estadual) – 40.149
Presidente: Sérgio Frota
Técnico: Felipe Surian
Material esportivo: Super Bolla
Principais títulos: 1 Série B (1972), 1 Série C (1997), 1 Série D (2012), 1 Copa do Nordeste (2018) e 35 estaduais (1933, 1934, 1940, 1942, 1953, 1954, 1956, 1961, 1962, 1964, 1965, 1972, 1975, 1976, 1978, 1980, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988, 1990, 1991, 1992, 1997, 1998, 2002, 2003, 2010, 2011, 2012, 2014, 2017, 2020 e 2021).
Vs. Brusque: sem jogos oficiais.
Copa do Brasil 2021: 3ª fase, em andamento (vs. Atlético-MG)
Copa do Nordeste 2021: 8º – eliminado nas quartas de final
Maranhense 2021: 1º


Foto: Guilherme Teixeira comemora golaço contra o Salgueiro (PE) na Copa do Nordeste | Sampaio Corrêa/Divulgação


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Deixe uma resposta