Samu de Brusque atuará com ambulância emprestada pelo Corpo de Bombeiros

Sem veículos há 20 dias, serviço de urgência do município voltou a atender na segunda-feira, 13

Samu de Brusque atuará com ambulância emprestada pelo Corpo de Bombeiros

Sem veículos há 20 dias, serviço de urgência do município voltou a atender na segunda-feira, 13

Desde as 19 horas de segunda-feira, 13, os atendimentos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Brusque são realizados com a ambulância reserva do Corpo de Bombeiros. Isso ocorre porque como as ambulâncias estão no conserto a mais de 20 dias, o Samu estava impossibilitado de fazer atendimentos no município.

Com isso, o socorro precisava ser feito pelo Samu de Blumenau ou até mesmo pelo Corpo de Bombeiros. “Sabendo da situação, o tenente Manfrin disponibilizou a ambulância da corporação para nossa equipe, porque não podemos ficar sem atendimento”, explica o secretário de Saúde de Brusque, Humberto Fornari.

A partir de hoje, entrará em vigor uma parceria entre a Secretaria de Saúde e o Corpo de Bombeiros: todas as vezes que uma viatura do Samu estiver em manutenção, as equipes ficarão de serviço na sede dos bombeiros e utilizarão a ambulância da corporação. “O trabalho do Samu é complementar ao nosso. Tínhamos um acordo com a administração passada e sabendo que as viaturas estavam em baixa, conversei com o secretário e nos colocamos à disposição. Esta é uma forma de melhorar o atendimento porque só com a nossa ambulância não é suficiente”, explica o tenente Hugo Manfrin Dalossi.

Com esta parceria em vigor, a ideia do secretário é que futuramente o Samu atue em definitivo anexo ao Corpo de Bombeiros – hoje as equipes ficam de plantão no prédio que seria destinado inicialmente à Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, no bairro Santa Terezinha.

Nova ambulância

Na semana passada, a prefeitura recebeu a doação de uma nova ambulância para o Samu no município, no entanto, o automóvel ainda não está em operação devido aos trâmites burocráticos com licenciamento e emplacamento. De acordo com Fornari, hoje, no mais tardar amanhã, o novo veículo já deverá estar regularizado. “A ambulância já está no nome da prefeitura, será emplacada e ficará pronta para rodar”, diz.

A nova ambulância chega em um bom momento, já que os outros veículos do serviço estão em condições ruins. “A ambulância base saiu de um conserto, mas já teve que voltar para a revisão porque percebemos que não estava 100%. O prazo é que ela retorne daqui a 20 dias”.

Fornari afirma que, em breve, o município contará com quatro veículos. “Tão logo aconteça essa regularização, vamos estar com quatro ambulâncias lotadas no Samu: a nova; a que está no conserto; a Ranger, destinada para as calamidades; e mais a do Corpo de Bombeiros, quando houver necessidade”.

O secretário lamenta a situação precária do Samu no município. “Acredito que o que ocorre aqui é um problema de gestão. Não podemos ficar com o serviço parado. Temos quatro equipes e eles precisam ficar à disposição do município, mesmo sem viatura. É uma situação complicada que esperamos que se resolva logo”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio