Saneamento básico é o tema da Campanha da Fraternidade 2016

Em Brusque, grupos bíblicos nas comunidades discutem ações que podem melhorar cenário atual

Saneamento básico é o tema da Campanha da Fraternidade 2016

Em Brusque, grupos bíblicos nas comunidades discutem ações que podem melhorar cenário atual

Lançada na semana passada, a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016 já movimenta as comunidades de Brusque. Semanalmente, grupos das cinco paróquias se reúnem para discutir os temas da campanha deste ano. O principal deles, saneamento básico, é elogiado pelos párocos do município.

“Casa comum, nossa responsabilidade” é o slogan da campanha, que tem como foco o saneamento básico, o desenvolvimento, a saúde integral e a qualidade de vida. Padre José Henrique Gazaniga, pároco da Paróquia Santa Terezinha, explica que o tema foi escolhido pela Igreja Católica com base nos discursos pró ecologia do papa Francisco e também com base na segunda encíclica apresentada pelo pontífice no ano passado.

“O papa trabalha muito sobre a questão do cuidado com o planeta. Ele está fazendo vários discursos sobre isso. Então optou-se pelo tema por causa disso. E eu acho muito relevante essa escolha. A questão do saneamento é um problema sério. A maioria das pessoas do mundo inteiro não tem tratamento de esgoto. Na nossa cidade não há tratamento”, diz.

Anualmente, além do novo tema proposto pela igreja católica, há também a distribuição de livros que abordam a campanha. A Paróquia Santa Terezinha recebeu cerca de 500 exemplares, já utilizados nos grupos bíblicos em família que ocorrem nas comunidades.

“Nós também já fizemos uma noite de estudo sobre o tema que contou com a presença de 160 pessoas. Trouxemos uma bióloga da Fundema [Fundação Municipal do Meio Ambiente] e discutimos sobre o meio ambiente e sobre a importância de agirmos para melhorar o planeta”, conta.

Para a campanha deste ano, a Paróquia Santa Catarina adquiriu cerca de 320 livros. Segundo o pároco, padre Timóteo José Steinbach, o tema é importante devido à realidade do país e do mundo. Atualmente, há no Brasil mais de 100 milhões de pessoas sem saneamento básico.
“Todas as pessoas podem ajudar o planeta. E isso começa pela higiene pessoal desde a hora em que se levanta até a hora de ir dormir. Tudo que é em excesso prejudica a natureza. O uso indiscriminado da água e dos produtos de limpeza, tudo pode ser amenizado. Se cada um contribuir no dia a dia, é possível mudar”, afirma o pároco.

A campanha

Tradicional durante a Quaresma – entre a Quarta-feira de Cinzas e a Páscoa -, a Campanha da Fraternidade Ecumênica existe desde 2000, quando o tema “Dignidade humana e paz” foi o primeiro abordado. O segundo, que teve como foco principal “solidariedade e paz”, ocorreu em 2005. No ano passado, o tema discutido durante a campanha foi “Fraternidade: igreja e sociedade”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio