Sangria do primeiro barril de chope reúne foliões no pavilhão da Fenarreco

No piso superior, as autoridades e a realeza participaram do ato oficial de aberta da festa

Sangria do primeiro barril de chope reúne foliões no pavilhão da Fenarreco

No piso superior, as autoridades e a realeza participaram do ato oficial de aberta da festa

Após o desfile de abertura da 31ª Fenarreco na noite desta quinta-feira, 6, o público foi até o pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof para aproveitar a primeira noite da festa. No piso superior, as autoridades, em conjunto com a realeza, realizaram a sangria do primeiro barril de chope, dando início a festa mais gostosa do Brasil.

O vice-prefeito e secretário de Turismo, Rolf Kaestner, afirma que é um orgulho estar à frente de mais uma edição da Fenarreco. “Para nós, que fizemos a primeira Fenarreco, é uma satisfação estar aqui fazendo a 31ª. O endereço da alegria é aqui. Vamos fazer a melhor edição de todos os tempos”.

O deputado estadual Serafim Venzon também prestigiou o desfile e a abertura oficial da festa. Para ele, a festa significa a união das culturas. “A Fenarreco é uma grande oportunidade de unir todas as culturas. Não importa a descendência, pelos próximos dias, todos estarão vestidos de alemão e celebrando esta cultura”.

Antes de abrir oficialmente a festa, o prefeito Bóca Cunha destacou a importância da Fenarreco no cenário nacional. “É uma festa reconhecida em toda Santa Catarina e também no Brasil. A Fenarreco não tem dono, é de todos os brusquenses”.

Após a sangria do primeiro barril, a realeza da 31ª Fenarreco distribui chope para o público que acompanhou a solenidade. Em seguida, a banda Society deu início às apresentações musicais.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio