São Paulo derrota Flamengo no Maracanã e é vice-líder do Brasileirão

Diferença entre líder e vice é de um ponto; confira outras partidas

São Paulo derrota Flamengo no Maracanã e é vice-líder do Brasileirão

Diferença entre líder e vice é de um ponto; confira outras partidas

 

O Brasileirão retornou da pausa para a Copa do Mundo com muita bola na rede e com o até então líder isolado sendo chacoalhado. Em partida realizada no Maracanã, o Flamengo perdeu para o São Paulo por 1 a 0, e com lei do ex: Everton, que era do Fla, foi o responsável pelo único gol da partida.

Tricolor e rubro-negro se enfrentaram na noite desta quarta-feira, 19. Com o resultado o time paulista fica na vice-liderança, reduzindo para apenas um ponto a diferença com o líder Flamengo.

Tricolor em casa
Nem parecia que o São Paulo havia visitado o estado vizinho. Do jeito que jogou no Maracanã, o tricolor estava em casa. No primeiro tempo, apenas um lance de perigo sobrou ao rubro-negro, todos os demais ficaram nas mãos dos paulistas, incluindo um lance com impedimento mal marcado.

O show em três cores começou já no primeiro minuto. Reinaldo arriscou chute de fora da área, mas ela subiu demais. Aos 7, Militão cabeceou muito perto do ângulo de Diego Alves. Aos 17, Diego Souza foi lançado na área e o assistente marcou impedimento, mas o atleta estava em posição normal.

O bombardeio continou aos 28 minutos. Joao Rojas conseguiu o drible e chutou, mas Diego Alves defendeu e, na tentativa de bicicleta de Everton, a bola foi pra fora. Já aos 42, a grande oportunidade do Flamengo: Diego cobrou falta, Paquetá desviou de cabeça e a bola explodiu no travessão. Foi o último lance de importância do primeiro tempo, que não acabou nada promissor para os donos da casa.

Gol e pressão
Assim como começou o primeiro tempo, o São Paulo repetiu o segundo, pressionando desde os minutos iniciais. E deu resultado: aos 2 minutos, Everton, ex-atleta do Flamengo, recebeu cruzamento da direita e deu um peixinho para colocar a bola nas redes.

Foi só aí que o rubro-negro acordou. Para azar da massa carioca, o goleiro Sidão estava inspirado e realizou belissimas defesas. A nova contratação do Fla perdeu a melhor chance: aos 20 minutos, Sidão espalmou bola nos pés de Uribe que, com o gol livre, chutou para fora.

O clima esquentou mais para o fim da partida. Araruana levou cartão vermelho ainda na maca. Com apenas dez, o tricolor teve que se segurar como pôde, já que o Flamengo meteu pressão em busca do empate. Mas nada feito. A reação não surtiu o resultado esperado e o líder sofreu o primeiro golpe jogando em casa.

Corinthians 2×0 Botafogo
Em um jogo de muito brilho do goleiro Cássio, de volta após servir à Seleção Brasileira, o Corinthians venceu o Botafogo. O placar, contudo, não condiz com a partida: o Fogão teve mais posse de bola e volume de jogo durante a partida, mas não teve a eficiência do Timão. Rodriguinho abriu o placar no começo do jogo, em um belo tapa de longe que morreu no cantinho. O segundo gol foi marcado por Romero, na boa enfiada de Fagner, com chute cruzado que sacramentou o placar.

Grêmio 2×0 Atlético-MG
O Grêmio fez a lição de casa e venceu o Atlético-MG, que até antes do início da Copa fazia uma grande campanha. O primeiro gol foi marcado pelo zagueiro Bressan, aos 6 minutos do primeiro tempo: ele ganhou no alto, no primeiro poste, testou e ela foi morrer nas redes. O atacante André deu números finais para a partida. O tricolor cobrou falta rápida, Léo Moura cruzou na medida e André ganhou da zaga para testar para o gol. O resultado tirou o Galo da segunda posição.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio