Numa das salas de sua casa, a pianista Eneida Schaefer mantem dois, dos cinco pianos de cauda, que pertencem a Associação Artístico Cultural de Brusque – Assac. Desde que a associação ficou sem sede oficial, cada um dos instrumentos é mantido em casas de voluntários, como ela, que também é uma liderança na associação. Até que a situação se resolva, entusiastas como Eneida Schaefer, recebem em casa convidados para saraus que acontecem regularmente.

Ontem, 13, estávamos em pouco mais de dez pessoas prestigiando um sarau que Eneida Schaefer foi anfitriã. Um repertório apresentado a dois, e até quatro pianistas tocando ao mesmo tempo, no mesmo piano. Bolero, tango, música russa e uma seleção de clássicos, revividos nesse projeto musical fantástico, que busca apoio do poder público para voltar a ter uma sede. A ocupação do prédio do BESC, que está sendo ocupado pela Fundação Cultural de Brusque, parece ser um excelente espaço para abrigar também a associação, que tal?

Numa das salas de sua casa, a pianista Eneida Schaefer mantem dois, dos cinco pianos de cauda, que pertencem a Associação Artístico Cultural de Brusque – Assac. Desde que a
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês