Rosemari Glatz

Professora da Unifebe

Schützenfest e a Festa da Integração de Guabiruba

Rosemari Glatz

Professora da Unifebe

Schützenfest e a Festa da Integração de Guabiruba

Rosemari Glatz

Uma instituição que sempre foi muito importante entre a população de origem alemã era a Schützenverein – a Sociedade de Caça e Tiro. Essa sociedade existiu em todas as áreas de colonização alemã no sul do país. A Schützenfest (ou Festa do Tiro), é uma festa tradicional que acontece anualmente na região noroeste da Alemanha, bem como na Baviera. No Brasil, a “Schützenfest”, realizada pelas sociedades de atiradores, ainda sobrevive em cidades como Pomerode e Jaraguá do Sul.

Nos primeiros anos das colônias fundadas por imigrantes alemães essa era a festa que servia tanto para manter as tradições quanto para reunir a maior parte dos colonos de origem alemã numa grande festa. Seu formato foi transplantado da Alemanha para o sul do Brasil tal como funcionava lá no século XIX. E assim, além da festa anual de cada igreja, o maior evento da colônia era a festa do município (Schützenverein), da qual a família toda participava, mesmo porque muitas vezes a parentela só se reunia nestas ocasiões, o que denota a importância desses eventos. Em Brusque, a Schützenfest acabou evoluindo para a Fenarreco e, em Guabiruba, o maior evento da cidade passou pela Kolonie Fest e hoje se consagra na Festa da Integração.


Aniversário de Guabiruba
No próximo dia 10 de junho Guabiruba festeja 55 anos de emancipação política. A cidade, que foi colonizada partir de 1862 por alemães de Baden e emancipada de Brusque em 1962, tem o catolicismo como religião predominante. Os mais variados grupos – seja de canto, de dança, teatro ou afins demonstram a veia artística do seu povo, fazendo de Guabiruba uma cidade especialmente rica no que se refere à expressão artístico cultural.

E, para marcar os festejos, o município preparou uma agenda que teve início no dia 09 de maio com apresentações da Orquestra Municipal nas escolas e se encerra no dia 30 de julho com a 13ª edição da Stadplatzfest (tradicional festa realizada na rua central da cidade que reúne amigos e famílias de Guabiruba e região). Mas, sem dúvida, o ponto alto da programação acontece a partir de hoje: a Festa da Integração.


Festa da Integração x Kolonie Fest
A 5ª edição da festa acontece durante os dias 2, 3 e 4 de junho e é realizada no tradicional Salão São Cristóvão, no Bairro Aymoré. Numa evolução da Schützenverein dos tempos de colônia, e numa releitura da saudosa Kolonie Fest – antiga festa típica alemã de Guabiruba que teve origem rural, associada ao ciclo das colheitas agrícolas, às características familiares e aos costumes tradicionais da cultura local -, a Festa da Integração cultua tradições, promove encontros e destaca o folclore do seu povo.

As inevitáveis filas nos horários de pico propiciam o diálogo, o encontro e o reencontro. Risos, cantoria, danças, apresentações culturais, música, diversão e muito calor humano fazem da Festa da Integração a maior festa da cidade, uma festa de família. E, tal qual a “cereja do bolo”, é nesta festa que acontece a escolha da realeza – a rainha e duas princesas -, que irão representar Guabiruba até a 6ª edição da festa, em 2018.


Um pouco da programação
Dia 2: Abertura da 5ª Festa da Integração com Exposição de pequenos e grandes animais, produtos e implementos agrícolas e Feira de Produtos Locais. Escolha da Realeza da festa. Show musical.
Dia 3: Encontro de Amigos Trilheiros; Encontro de Voo Livre Parapente; Festival de Fanfarras; Missa Comunitária e apresentações culturais de Grupos de Dança.
Dia 4: Desfile Alegórico; apresentação da Banda Das Lebenslied e Glockenchor (alunos da Escola Básica Municipal Padre Germano Brandt) e Show musical.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio