Secretaria de Saúde de Brusque alerta para cuidados após enchente

Durante a limpeza, é importante utilizar luvas, botas e máscaras

Secretaria de Saúde de Brusque alerta para cuidados após enchente

Durante a limpeza, é importante utilizar luvas, botas e máscaras

A Secretaria de Saúde de Brusque orienta sobre doenças que podem aparecer em decorrência da água suja e do processo de limpeza após os alagamentos desta semana.
O secretário de Saúde, Humberto Fornari, esclarece à população sobre os cuidados necessários. “Nesse momento de limpeza é necessário o uso de equipamentos que ajudem a prevenir possíveis problemas, como botas, luvas e até máscaras. Sabemos que nesse momento difícil o brusquense busca fazer o melhor, mas é necessário faze com segurança”, disse.
Pessoas que tiveram machucados e contato com a água e a lama, devem procurar a Unidade de Saúde mais próxima para atualizar a dose da vacina antitetânica, caso já tenham passado 10 anos da última vacina. Não há vacinas preventivas de doenças relacionadas com enchentes, cabe à população tomar os cuidados necessários para evitá-las.
Leptospirose 
A leptospirose é causada por uma bactéria presente na urina de ratos, que pode ser adquirida por meio da exposição a enchentes, alagamentos, lama ou coleções hídricas que estejam contaminadas. Quem apresentar qualquer sinal ou sintoma como: febre de início súbito, mialgias (dor no corpo), cefaleia (dor de cabeça), mal estar e/ou prostração (cansaço), associados a um ou mais dos seguintes sinais e/ou sintomas: náuseas e/ou vômitos, calafrio. Encaminhar-se à Policlínica ou ao Hospital Azambuja para avaliação médica.
Recomendações
1) Se a residência for abastecida com água do sistema público de abastecimento e não houve nenhum alerta por parte do Samae e/ou da Vigilância Sanitária Municipal, significa que a água está em condições adequadas para o consumo;
2) Se a água utilizada for proveniente de poço, fonte, rio, riacho, açude, barreira, ou outros deverá ser realizada a fervura e tratamento com adição de hipoclorito de sódio a 2,5%, deixando a água descansar por 30 minutos após a adição do hipoclorito, para eliminação das bactérias.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio