Secretário garante eleições diretas para diretores de escolas municipais em 2016

Processo que deveria ser realizado neste ano, deve acontecer até o segundo semestre do ano que vem

Secretário garante eleições diretas para diretores de escolas municipais em 2016

Processo que deveria ser realizado neste ano, deve acontecer até o segundo semestre do ano que vem

As eleições para a escolha dos novos diretores das escolas da rede municipal de ensino serão realizadas somente no ano que vem. O pleito deveria ocorrer ainda neste ano, já que o mandato dos atuais diretores encerra no dia 17 de dezembro, no entanto, os decretos regulamentando as eleições não foram publicados, o que inviabiliza o processo.

O secretário de Educação, Ivanor de Mendonça, afirma que a situação política do município dificultou o processo. “Assumimos a administração em um período conturbado, com várias questões urgentes para resolver e, em conversa com o prefeito, decidimos adiar a eleição para que todo o processo ocorra da melhor maneira possível”.

Sem a eleição, o mandato de todos os diretores será estendido por mais um período até que todo o processo seja realizado. “Como o mandato encerra no dia 17 de dezembro, o prefeito vai nomear esses diretores novamente para que continuem com seus projetos, seus trabalhos dentro da escola por mais um tempo”.

A alteração na data da eleição foi muito criticada pelos vereadores na última sessão da Câmara. O secretário garante que elas serão realizadas no ano que vem. “Haverá, sim, a eleição para a escolha dos diretores, mas nós queremos fazê-la da maneira mais segura e legítima para garantir essa prerrogativa da gestão democrática”.

A data do processo eleitoral, no entanto, ainda não foi definido. “Vamos buscar já no início do ano letivo consolidar uma formação para os candidatos, buscar toda a regulamentação, a questão legal para que isso ocorra. Queremos proporcionar também um curso de qualificação na área necessária e consolidar tudo até o segundo semestre”.

O secretário também não tem definida a data que os novos diretores assumirão seus cargos. “Essa questão ainda não posso adiantar porque como ano que vem é período eleitoral, é um ano atípico, então preciso buscar junto ao setor jurídico da prefeitura a melhor forma de darmos esse encaminhamento”.

Mendonça destaca que a eleição seguirá o mesmo modelo da que aconteceu em 2013, ou seja, será direta. “Vamos seguir a metodologia das eleições anteriores. Os candidatos serão avaliados pela comunidade escolar como um todo: alunos, pais ou responsáveis, e servidores das escolas”.

Para ele, o processo de eleição escolar é muito importante, por isso, deve ser realizado com bastante cuidado. “A eleição vem com a prerrogativa legítima de nomeação de um diretor, de um representante da unidade escolar. Seguindo as eleições anteriores e o decreto que a normatiza, os diretores teriam que apresentar um plano de gestão, buscar uma formação na área. Eu mesmo fui eleito e reeleito diretor de escola, então eu sei que é um processo que temos que preparar com bastante segurança, é bastante sério e temos de fazê-lo da melhor maneira possível para garantir a sua legitimidade”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio