Conteúdo exclusivo para assinantes

Sem sinalização adequada, alterações no trânsito do bairro Santa Terezinha causam transtornos

Indefinição de preferencial no acesso a novo trecho da Beira Rio e retirada de rotatória da ponte da Bilu confundem motoristas

Sem sinalização adequada, alterações no trânsito do bairro Santa Terezinha causam transtornos

Indefinição de preferencial no acesso a novo trecho da Beira Rio e retirada de rotatória da ponte da Bilu confundem motoristas

O novo trecho da avenida Bepe Roza, a Beira Rio, que dá acesso à Unifebe, tem causado transtornos devido à falta de sinalização. Conforme o secretário de Trânsito e Mobilidade de Brusque, Nilson Pereira, placas serão instaladas no local até o fim de semana.

Motoristas que vêm do novo trecho da avenida não têm diminuído a velocidade, acreditando estarem na preferencial, e o mesmo acontece com quem vem da rotatória do centro universitário.

Na segunda-feira, 19, por volta das 13h, motoristas se envolveram em um acidente de graves danos materiais. O morador de Brusque Ed Wilson passa pelo local diariamente, e por pouco não se envolveu na colisão. Foi possível ver o acidente pelo retrovisor de seu carro.

“Ninguém para, ninguém dá a vez para ninguém, e não há sinalização. Nós que moramos aqui sabemos que está em obras, então dá para aliviar. Mas imagina alguém de Blumenau, Florianópolis, que não conhece”, reclama.

O secretário de Trânsito e Mobilidade de Brusque, Nilson Pereira, admite o problema, e diz que demarcações e placas de sinalização estão sendo preparadas e devem ser instaladas completamente até o fim de semana. No momento, estão instaladas na via as hastes para algumas placas.

“Tenho acompanhado, moro na redondeza, e realmente a situação está muito complicada”, afirma.

Wilson não acredita na instalação da sinalização neste prazo. Ele diz que a situação já tem se arrastado desde janeiro e que já houve sinalização no local. “Já fui falar com eles, e por um tempo houve uma placa ‘pare’, para quem vem da Unifebe pelo trecho novo. Quando precisaram mexer na calçada, arrancaram, e agora está lá, sem nada.”

“Não podemos esperar alguém se machucar. Às vezes passa caminhões por ali a mais de 80 km/h. Assusta.”

Rotatória foi removida para mudanças no trânsito
A rotatória na rua Luiz Gonzaga Werner, próxima à ponte da Bilu, foi retirada. Atualmente, há uma rotatória improvisada com cones, enquanto as mudanças no trânsito do local não entram em prática. Portanto, o fluxo de trânsito é o mesmo.

As mudanças serão equivalentes ao que ocorre hoje no trânsito da ponte do Maluche. Serão instalados binários, dividindo a via entre quem utiliza os acessos e quem passa reto pela rua Luiz Gonzaga Werner. Os acessos e saídas da rotatória a partir da avenida Beira Rio, que hoje são em mão única, passarão a ser em mão dupla.

De acordo com o diretor da Secretaria de Obras, Nick Imhof, será feito um mutirão para que as obras sejam entregues dentro de um mês.

Como ficará após mudança:

Rotatória está improvisada da rua Luiz Gonzaga Werner | Foto: João Vítor Roberge

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio