Senadores catarinenses declaram voto favorável à reforma trabalhista

Senadores catarinenses declaram voto favorável à reforma trabalhista

Como votarão
Dos 81 senadores, 42 haviam declarado até ontem, publicamente, seu voto a favor da reforma trabalhista. Os catarinenses Dário Berger (PMDB), Dalírio Beber e Paulo Bauer (PSDB) votarão unanimemente alinhados a Temer, que precisa 41 votos para ganhar a parada, amanhã.

Túnel do tempo
Em 2006, quando ainda era um cacique do PFL (hoje DEM), Jorge Konder Bornhausen, em memorável declaração, qualificou o PT como uma “raça”, de quem o Brasil “estaria livre pelos próximos 30 anos”. Lula também disse, em 2011, que era preciso “exterminar o DEM do mapa político”. Hoje, quem diria, ganha força na Câmara dos Deputados uma articulação para levar o partido à Presidência da República, sob a liderança de Rodrigo Maia.

Despudor 1
A Mesa da Assembleia Legislativa promulgou a Emenda Constitucional 74/2017, já em vigor, que torna obrigatória a execução das emendas elaboradas pelos deputados ao orçamento estadual. Destina até 1% da receita liquida do Estado (R$ 20 milhões se fosse hoje ou R$ 5 milhões por ano para cada deputado). Um despudor com o dinheiro do contribuinte. Não é missão de deputado distribuir dinheiro por aí.

Despudor 2
Ironicamente, o mesmo Legislativo perdulário começa esta semana a analisar medida provisória do Executivo que institui o Programa Catarinense de Recuperação Fiscal (Prefis-SC), com o objetivo de possibilitar que contribuintes que tenham dívidas de ICMS com o governo catarinense possam acertar suas pendências, mediante a redução de juros e multas. O governo espera a entrada de R$ 100 milhões em suas burras.

Águas municipais
De propriedade do governo do Estado e com dívida de R$ 7 milhões, o complexo termal de Caldas de Imperatriz, em Santo Amaro da Imperatriz, passará definitivamente para as mãos do município. O local recebeu o imperador Dom Pedro II e a imperatriz Teresa Cristina, em 1845.

Demolição
Um conhecido bacana que construiu uma casa sobre um sambaqui, no interior da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, na Praia da Galheta, em Laguna, perdeu: o Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou pedido de suspensão de ação que busca a demolição do imóvel.

Crise
Uma rede de televisão estadual pediu para seus funcionários ficarem em casa, sexta-feira, porque o ambiente não estariam bom. É que as folhas salariais de maio e junho não podiam ser quitadas. Alguns programas diários nem foram ao ar.

Síntese
A revista Istoé resumiu bem o que vivemos hoje neste infeliz país: “A putrefação do sistema político vem acompanhada de uma repulsa, quase revolta, dos brasileiros para com todo e qualquer assunto ou personagem curtido nas platitudes do poder. Abarca de líderes partidários, parlamentares em geral e ícones dos palanques a sindicalistas pelegos que tentam a qualquer custo badernar a rotina das cidades para chamar atenção”.

Contra
O deputado federal Esperidião Amin (PP-SC) antecipou voto contrário à polêmica Medida Provisória 771, que cria uma autarquia federal, de caráter temporário, para administrar o legado dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro de 2016. Uma insanidade, porque quer perenizar o legado criando cargos comissionados. Em síntese, um novo cabide de empregos.

Presídios, não
Com Tijucas, aumentou a lista de cidades de SC que não querem presídios. Imaruí, São José, Palhoça, e Biguaçu são os outros, com um detalhe em especial: todos administrados por prefeitos do PSD, partido do governador Raimundo Colombo. Em todos há um convencimento da população de que ter uma penitenciária perto de sua casa não é nada bom.

Inflação
O Índice de Custo de Vida de Florianópolis em junho apresentou surpreendente deflação de 0,45%. O acumulado do primeiro semestre soma 0,83% e a variação dos últimos 12 meses é de 2,97%.

DETALHES
Acontece hoje à noite na Udesc, em Florianópolis, a formatura do curso de especialização em Administração em Segurança Pública, com 25 alunos oficiais com patentes de capitão da Policia Militar de SC.

Mereceu entrevista coletiva e ampla cobertura midiática, sábado, a espetacular apreensão de 5,1 toneladas de maconha e 3,7 quilos de skank, avaliados em R$ 10 milhões, no pacato município de Ponte Alta, na Serra.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio