Servidores da Saúde de Brusque protestam nesta segunda-feira, 11

Manifestantes iniciaram paralisação e pedem melhorias nas condições de trabalho

Servidores da Saúde de Brusque protestam nesta segunda-feira, 11

Manifestantes iniciaram paralisação e pedem melhorias nas condições de trabalho

Na manhã desta segunda-feira, 11, um grupo de servidores da Saúde Municipal de Brusque foi às ruas para protestar por melhores condições de trabalho. A manifestação marca o início de uma possível greve, anunciada na última semana, quando o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brusque (Sinseb), Orlando Soares Filho, entregou ao prefeito Paulo Eccel uma carta de reivindicações.


Galeria

>> Veja fotos da manifestação


Entre as reivindicações, eles pedem a dispensa da obrigatoriedade do registro do ponto no intervalo de almoço, para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Os servidores solicitam ainda que o reajuste salarial que foi aprovado para os médicos seja expandido às demais categorias da Saúde, e também a revisão da concessão de vale transporte e adicional de insalubridade aos funcionários.


Em nota, a Prefeitura de Brusque diz que “reafirma seu princípio de diálogo permanente com os servidores e a sociedade, razão pela qual estranha o anúncio da paralisação dos servidores públicos da rede municipal de saúde, e conclama os mesmos a comparecerem nos seus postos de trabalho e manterem os bons serviços à população”.

>Leia a reportagem completa na edição impressa desta terça-feira, 12 de novembro, do MDD


Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio