Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Sessões da Câmara de Brusque retornam nesta terça com mudanças no plenário

Página 3

Bastidores da política e do judiciário, opiniões e críticas sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão

Sessões da Câmara de Brusque retornam nesta terça com mudanças no plenário

Página 3

Retorno dos trabalhos
A Câmara de Brusque retoma hoje a realização das sessões ordinárias, após o fim do recesso do meio do ano. O encontro está marcado para as 17h, no plenário, e terá novidades na composição do Legislativo. Será a primeira com a participação do suplente Valdir Hinselmann (PRP), que assumiu na semana passada, por 30 dias, a cadeira de Cleiton Bittelbrunn (PRP), o qual pediu licença do cargo para tratar de assuntos particulares.

Outra mudança
Quem também deve retornar às sessões da Câmara é o vereador Gerson Morelli, o Keka (PSB), que estava afastado das atividades para tratar de problemas de saúde. Na semana passada, ele já participou de sessão solene. Seu suplente, Nilson Pereira (PSB), que atuou no Legislativo durante o período do tratamento de saúde, também retornou ao cargo que estava antes: o de diretor-geral do Samae.


Desfile lotado
O secretário de Educação, José Zancanaro, comemora o resultado do desfile de 4 de agosto. Ao contrário das 3 mil pessoas calculadas pela Polícia Militar, ele estima que entre 10 mil e 20 mil pessoas tenham participado do desfile. Isso porque foram 81 entidades que participaram, com uma cota média de 50 pessoas cada. Outra característica apontada por Zancanaro é a de que a Educação Infantil teve uma participação maciça, com estimados 3 mil alunos. Mesmo com este contingente, ele ressalta a pontualidade do desfile.


Havan pelo mundo
Ontem, no jogo da Chapecoense contra o Barcelona, não passou despercebido o patrocínio da Havan na manga dos jogadores do time catarinense. Como o jogo foi transmitido para muitos países, o patrocínio ganhou uma grande exposição. Aliás, esta exposição não foi só no campo, começou antes, no pré-jogo, em entrevistas a redes internacionais de televisão, onde a marca Havan acompanhou os jogadores. Gol de letra.


Título de eleitor
Os estudantes de Brusque que utilizam o transporte universitário estão preocupados com a cobrança do título de eleitor como comprovação de domicílio no município. Ontem, os responsáveis pelo transporte universitário solicitaram o documento após receberem denúncias de que a Prefeitura de Brusque estaria transportando alunos de outras cidades para as universidades da região. No ano passado, ensaiou-se a cobrança do título e a sua transferência para Brusque – se necessário – como requisito para o transporte, entretanto, a medida não durou muito, já que gerou revolta entre os acadêmicos, além de ser flagrantemente ilegal.

Esclarecimentos
O coordenador do transporte universitário, Marcelo da Silva, diz que a renovação da carteirinha será somente em 2018 e que o que aconteceu foi uma forma de tentar fiscalizar a denúncia que os próprios estudantes fizeram. “Apenas perguntamos se eles teriam o título, mas não solicitamos transferência. Pedimos comprovante de residência no momento de fazer a carteirinha, mas não temos o controle se uma pessoa que não mora aqui apresentar o comprovante de um parente ou amigo. Como surgiu a denúncia, precisamos verificar e a forma que encontramos foi o título de eleitor”.


Legalidade confirmada
O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) confirmou sentença da Justiça de Brusque que considerou legal gratificação recebida pelo então vice-prefeito de Brusque, Evandro de Farias, o Farinha, que também era diretor-presidente do Samae, durante a gestão Paulo Eccel. O vereador Ivan Martins (PSD) questionou o fato dele receber essa gratificação de 50% por acúmulo dos cargos, em ação judicial que foi julgada improcedente pela Vara da Fazenda.

Opção de subsídio
Segundo o Tribunal de Justiça, o caso em questão resume-se à legalidade do vice-prefeito ter optado pela remuneração de diretor-presidente do Samae, que era maior, à época, do que a do cargo eletivo. O desembargador Pedro Manoel Abreu informou que essa questão já foi objeto de análise pelo TJ-SC, quando se decidiu que não há problema em um funcionário público optar pela maior remuneração. Com isso, assim como na primeira instância, o caso foi arquivado.


Reunião do PMDB
O vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, participou de reunião da executiva estadual do PMDB, na manhã de ontem, em Florianópolis. Lá, foram definidas as datas das convenções municipais, que serão realizadas em 21 e 22 de outubro desde ano. Segundo Vequi, “além de revitalizar e mobilizar as bases, as convenções renovam as lideranças no estado, motivando os peemedebistas para o pleito eleitoral do próximo ano”.

Campanha eleitoral
As reuniões partidárias têm demonstrado que a campanha eleitoral de 2018, nos bastidores, já começou em Santa Catarina. O PSDB, por exemplo, irá lançar uma nova campanha em rádio e TV amanhã. Como tema, o desejo do partido de ser protagonista no pleito do próximo ano, com o nome mais cotado sendo o do senador Paulo Bauer, que ficou em segundo lugar em 2014.


Visita à obra
Na sexta-feira, 4, o secretário de estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini, acompanhado do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Brusque, Ewaldo Ristow Filho, vistoriou as obras do Centro de Inovação de Brusque. Os trabalhos, que iniciaram no dia 3 de julho, estão na fase final de terraplanagem e estaqueamento. Chiodini e Ristow visitaram ainda a nova sede da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque (Ampebr).

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio