Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Simpatia por Bolsonaro em Santa Catarina chama a atenção

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Simpatia por Bolsonaro em Santa Catarina chama a atenção

Raul Sartori

Simpatia de Bolsonaro
Perguntou-se aqui, ontem, que motivos há para que o pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, tenha em SC um dos principais focos de sua campanha para chegar ao Palácio do Planalto. Algumas respostas: porque aqui há muita gente honesta, que acredita na mudança; pelo fato do povo de SC ser ordeiro, trabalhador e moralista, e concordar com algumas de suas ideias. É, pode ser.

Namoro
O desembargador Lédio Rosa de Andrade é uma espécie de clone do memorável ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa. Agora aposentado pelo TJ-SC, vem sendo insistentemente namorado para integrar as fileiras do PT e do PDT. Em ambos para ser candidato ao governo do estado. No momento em que se reclama tanto da falta de novidades entre os pré-candidatos já postos, está aí uma das boas, com todos os predicados possíveis. O desafio é conseguir o principal: votos.

Repercussão
A Rádio Som Maior, de Criciúma, ganhou espaço até na mídia internacional, anteontem, quando o atilado apresentador e analista político Adelor Lessa entrevistou, ao vivo, por telefone, o ministro Henrique Meirelles, da Fazenda. O que ele disse de mais importante – que poderá acontecer nova baixa nos juros e que é mesmo candidato à sucessão de Michel Temer – foi repercutido nos sites do Valor Econômico, Agência Reuters, Jornal do Brasil, UOL, Terra, BOL, Extra, Isto É, Gazeta e até no New York Times.

Hipocrisia
O ministro Luiz Alberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, que está contestando o decreto do presidente Michel Temer que concede indulto de Natal, inclusive para presos de colarinho branco (corruptos, na maioria), não se olha no espelho? Por ato dele ganharam o mesmo indulto, em 2015, os notórios corruptos José Dirceu, José Genuíno, Delúbio Soares, Valdemar da Costa Neto, Roberto Jefferson e outros envolvidos no Mensalão.

Voz do Brasil
Uma luta de décadas que começou aqui em SC com a Associação Catarinense das Empresas de Rádio e Televisão (Acaert), há mais de 20 anos, está perto do fim. A Câmara dos Deputados aprovou terça-feira projeto que flexibiliza os horários de transmissão da Voz do Brasil nas rádios. O texto segue para sanção presidencial. Pelo texto aprovado, o programa poderá ser transmitido entre as 19 e 22 horas em rádios comerciais, e até as 23 horas em rádios legislativas. Hoje ele é de transmissão obrigatória, com duração de uma hora, com início às 19 horas.

Inexplicável
O governo estadual há anos não se acerta na condução da saúde pública. Na Assembleia Legislativa deputados do próprio MDB, como Antônio Aguiar, não entendem como a Secretaria da Saúde, que recebeu R$ 8 milhões do governo federal no ano passado para o programa de cirurgias eletivas, deixou de gastar R$ 6 milhões, enquanto 472 mil pessoas esperam na fila do SUS.

Família em perigo
Mais de 500 catarinenses, entre políticos, professores, prefeitos, vereadores, líderes religiosos e membros de associações de moradores participaram, sexta-feira, na Assembleia Legislativa, de um debate inédito: o processo de desconstrução da família. A área de comunicação do Legislativo o ignorou completamente, mas deu cobertura a eventos bem menos importantes no mesmo dia.

Ação social
Este espaço, na busca incessante por boa informação, não raro faz descobertas que valem à pena ser compartilhadas publicamente. Uma delas é o Programa Novos Caminhos, que existe há cinco anos e é tocado numa parceria entre o Judiciário, Associação dos Magistrados Catarinenses, Ministério Público, OAB-SC e classe industrial, através da Fiesc. Oferece oportunidades de capacitação profissional para jovens já próximos de completar a maioridade, acolhidos em abrigos, em todas as regiões do Estado. Neste ano deve atender 289 adolescentes.

Prêmio comprado
Se o Ministério Público for a fundo fará mais descobertas parecidas como a que envolve Silvano Cardoso Antunes, ex-secretário de Saúde de Otacílio Costa, e seu filho, Silvano. Quando no cargo, em 2014, Silvano foi à Foz do Iguaçu, na companhia do filho, receber o pomposo Prêmio Qualidade e Excelência na Saúde Pública, literalmente vendido pela empesa Premium Brasil Produtora de Eventos. A conta mandada para o contribuinte foi de R$ 3.200.

Homofobia
O politicamente correto também serve para gerar abusos. A Policia Militar de SC comumente é chamada para atender casos de som excessivo ou uso explícito de drogas em casas, apartamentos ou clubes. Mas quando chega e fica sabendo que se trata de festa gay, por exemplo, não raro dá meia volta. Não quer ser taxada de homofóbica.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio