Sine de São João Batista realizou mais de 400 atendimentos para intermediação de contratações no município

Serviço iniciou em setembro de 2018; até então, atendimento era restrito a carteira de trabalho e seguro-desemprego

Sine de São João Batista realizou mais de 400 atendimentos para intermediação de contratações no município

Serviço iniciou em setembro de 2018; até então, atendimento era restrito a carteira de trabalho e seguro-desemprego

Desde setembro do ano passado, quando passou a fazer a intermediação de contratações no município, o Sistema Nacional de Emprego (Sine) de São João Batista tem intermediado a oferta e procura por vagas de emprego em sua sede, na rodoviária do município. Até então, o serviço funcionava apenas para requisição de seguro-desemprego e emissão de carteira de trabalho. Na parte de contratações, já foram realizados mais de 400 atendimentos relacionados.

O serviço tem sido divulgado nas empresas para que haja adesão, pois, a partir do momento em que é feito o cadastro, as empresas podem divulgar as vagas de empregos.

“Quando uma pessoa vem dar entrada no seguro-desemprego, o banco de dados faz cruzamento dos dados dela, e se houver uma vaga no mesmo perfil, ela é direcionada para aquela empresa”, explica a responsável pelo Sine, Márcia Helena Reinert.

Ela ressalta que, quando ocorre compatibilidade, o sistema não permite dar entrada no benefício até que a pessoa passe pela entrevista na empresa. “Somente se a empresa não quiser aquela pessoa ou não possuir mais a vaga, daí sim ela poderá receber o seguro-desemprego”, diz.

Além das empresas, os cidadãos que estiverem em busca de emprego também podem procurar o Sine para fazer o cadastro. Todo acompanhamento pode ser feito por meio de um aplicativo “Sine Fácil”. “A pessoa pode colocar em seu cadastro até seis pretensões de profissão e acompanhar pelo aplicativo para saber se surgiram vagas, ou vir até na sede. Ela também será avisada caso surja alguma que tenha o mesmo perfil”, informa Márcia.

Pelo aplicativo é possível ainda atualizar o cadastro e gerenciar o perfil quando desejar, apenas informações de endereço precisam ser feitas na sede do Sine. O serviço é totalmente gratuito, tanto para a empresa que deseja divulgar as vagas, quanto para quem busca uma oferta de trabalho. “A partir do momento em que a pessoa faz o cadastro, ele permanecerá no banco de dados sempre”, explica.

Márcia conta que, por meio do serviço, algumas empresas de fora do município já conseguiram recrutar funcionários. Uma sala para a realização de entrevistas é disponibilizada para esses casos. “Em nosso município as empresas estão acostumadas com o modo antigo de divulgação de vagas: carro de som ou nas rádios. Por isso, estamos contatando empresas, mandando e-mail para divulgar esse serviço”, diz.

Vagas disponíveis
Atualmente, no Sine de São João Batista há apenas duas vagas disponíveis, sendo para empresas de fora. Uma delas é a Marisol, de Jaraguá do Sul, que está recrutando montador de calçados. A outra é uma empresa de Nova Trento, que busca por marceneiro.

Marcia explica que a baixa oferta de vagas também tem relação com o momento que não é muito propício para as empresas. “No fim do ano, geralmente é quando ocorrem as baixas [demissões], e a melhora é mais para o segundo semestre”, informa.

Reativação do serviço
O Sine em São João Batista foi reativado em maio de 2017 após ficar por mais de três anos sem funcionar. Além da intermediação de vagas, o Sine oferece ainda os serviços de entrada no seguro-desemprego e confecção de carteiras de trabalho.

No primeiro ano de funcionamento foram atendidas 1950 pessoas que buscaram pelo seguro-desemprego e, de agosto até dezembro de 2017, 500 carteiras de trabalho foram confeccionadas. Já em 2018, 2619 pessoas procuraram o Sine para terem acesso ao benefício do seguro-desemprego e outras 1038 foram em busca da carteira de trabalho.