Sintimmmeb cria empresa de plano de saúde

Atualmente, os cerca de 5,7 mil associados utilizam planos da Unimed de Brusque

Sintimmmeb cria empresa de plano de saúde

Atualmente, os cerca de 5,7 mil associados utilizam planos da Unimed de Brusque

Desde 2014, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Brusque (Sintimmmeb) tenta viabilizar a criação de uma empresa de plano de saúde própria. O projeto, segundo o presidente da entidade, José Isaías Vechi, está próximo de sair do papel. A empresa, que se chamará Sintimmmeb Saúde, já está cadastrada na Agência Nacional de Saúde (ANS).

Vechi explica que, atualmente, a empresa trabalha no processo de contratação dos médicos e das clínicas que atenderão os pacientes. Posteriormente, começará a transição dos cerca de 5,7 mil associados do sindicato.

“Vai ser uma transição gradual, não vamos colocar todo mundo com o plano, vamos aos poucos para fazer tudo corretamente. Nos próximos meses deveremos começar com essa transição”, diz.

O sindicato resolveu criar uma empresa própria, afirma o presidente, depois de uma visita realizada por fiscais da ANS. Na visita, os profissionais verificaram que o processo de uso do plano de saúde atual do Sintimmmeb – da Unimed – estava irregular por parte do sindicato.

“Isso aconteceu em 2012. E eles nos aplicaram uma multa de R$ 900 mil que nós recorremos. O que estava irregular é que o sindicato não poderia controlar os atendimentos. [Antes das consultas, os associados tinham de passar no sindicato para receber a autorização]. Então paramos de fazer isso e atualmente os associados vão direto na Unimed, sem passar aqui”, diz.

O modelo atual, de acordo om Vechi, prejudica o Sintimmmeb. Ele diz que a entidade não consegue controlar as empresas que estão inadimplentes. Com o Sintimmmeb Saúde, explica, o sindicato terá esse controle e poderá bloquear os planos dos inadimplentes.

“Achamos melhor para o nosso trabalhador e para nós. Eles terão economia com o valor do plano de saúde e nós também. Se continuarmos do jeito que está, vamos quebrar”, diz. “Assim que a transição estiver completa, vamos encerrar o contrato com a Unimed”, completa.

Ainda de acordo com Vechi, a decisão de criar uma empresa de plano de saúde própria foi votada em assembleia realizada com os associados. Ele afirma também que, devido ao grande números de regras da ANS, profissionais capacitados estão atuando na regularização dos serviços e nos contratos dos médicos e das clínicas para o Sintimmmeb Saúde.


Unimed de Brusque reúne imprensa para esclarecer situação 

O presidente da Unimed de Brusque, Carlos Germano Ristow, em parceria com o vice-presidente Paulo Roberto Webster e com o superintendente Eduardo Ballester, reuniu a imprensa no início da tarde de quinta-feira, 5, para prestar esclarecimentos quanto ao contrato com o Sintimmmeb.

O presidente da Unimed de Brusque, Carlos Germano Ristow (ao centro), conversou com a imprensa na tarde de ontem / Foto: Juliana Eichwald
O presidente da Unimed de Brusque, Carlos Germano Ristow (ao centro), conversou com a imprensa na tarde de quinta-feira, 5 / Foto: Juliana Eichwald

Segundo Ristow, o plano de saúde utilizado pelos associados do sindicato está regularizado na ANS e a Unimed atua conforme as regras da agência. O presidente diz que a Unimed pretende manter o contrato com a entidade, que já vigora há 20 anos.

“A ANS não pediu para o Sintimmmeb cancelar o contrato conosco. Está tudo regularizado na Unimed”, diz. “Nós já apresentamos várias propostas diferentes para o sindicato, mas eles não querem aceitar. Ainda assim, de nossa parte, não haverá rompimento de contrato”, completa.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio