Sintimmmeb terá Secretaria de Saúde e Medicina do Trabalho

O serviço estará disponível na sede do sindicato, das 8 às 12h e das 13h30 às 18h

Sintimmmeb terá Secretaria de Saúde e Medicina do Trabalho

O serviço estará disponível na sede do sindicato, das 8 às 12h e das 13h30 às 18h

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Brusque disponibilizará, a partir de 1º de março, atendimentos na recém criada Secretaria de Saúde, Segurança, Higiene e Medicina do Trabalho. O objetivo é atuar na orientação, no atendimento e amparo aos trabalhadores no que diz respeito a problemas de saúde ocasionados pelo trabalho. O serviço estará disponível na sede do sindicato, das 8 às 12h e das 13h30 às 18h.

De acordo com o presidente do Sintimmmeb, José Isaías Vechi, o setor atenderá especificamente a demanda daqueles trabalhadores que sofrem com as doenças ocupacionais.

– Atualmente cerca de 10% dos trabalhadores que procuram o sindicato apresentam algum tipo de problema relacionado às doenças desenvolvidas no ambiente de trabalho – explica Vechi.


O presidente do sindicato pondera que este atendimento já era realizado pelo sindicato, no entanto, com um setor específico o trabalhador ganhará agilidade no trato destas questões e o sindicato poderá reunir dados históricos para nortear as decisões e encaminhamentos. A medida complementa outra ações da classe para proteger o trabalhador.

– No dia 1º de dezembro do ano passado foi assinada a convenção coletiva de trabalho de melhorias das condições de trabalho em prensas mecânicas, hidráulicas e equipamentos similares, que abrange o município de Brusque, Blumenau, Indaial e Pomerode. Um compromisso firmado por entidades tripartite com representação dos sindicatos patronais, sindicato dos trabalhadores e Ministério do Trabalho, baseado na Nr12 – salienta Vechi.


O setor terá a coordenação do diretor do Sintimmmeb, Jorge Luiz Putsch, que fará o atendimento inicial ao trabalhador, oferecendo um acompanhamento minucioso de cada caso e buscando as soluções junto ao quadro do sindicato.

– Devido à competitividade de mercado, hoje as empresas exigem cada vez mais dos trabalhadores. Com isto, doenças ocupacionais como Ler, Dort, Stress e outras, estão cada vez mais presentes no dia a dia dos trabalhadores.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio