A Sociedade Esportiva Bandeirante (SEB) se orgulha de ser um clube voltado à prática esportiva. Durante a gestão do presidente Daniel Wehmut, que já faz parte da diretoria há 16 anos, e encerra seu segundo mandato consecutivo neste mês, foram feitos diversos investimentos nos setores de esportes contemplados pelo clube.

Nos últimos dois anos de gestão, foi entregue um novo campo de futebol, de grama sintética. O investimento foi motivado pelas chuvas de 2015, que, de acordo com o presidente, permitiram apenas cerca de 150 dias no ano com a possibilidade da prática de futebol no campo de grama natural.

“Isso nos motivou a investir bastante num campo sintético, padrão FIFA, tal qual a grama do Atlético Paranaense. Foi o primeiro campo do estado com essa tecnologia, e o pontapé inicial para uma série de melhorias”, diz.

Além das modificações no campo, foram feitas a modernização dos banheiros do salão social, a aquisição de um gerador que liga diariamente nos horários de pico de consumo, a reativação de uma das quadras de saibro – que estava sem uso devido a problemas de drenagem -, e, no ano passado, a entrega do bar contêiner.

Bar contêiner foi entregue em 2017 e serve os espaços da piscina, campo de futebol e quadras de tênis. | Foto: Natália Huf

“Temos o projeto Bandeirante+100, que é pensando nos próximos 100 anos do clube. Já temos uma série de obras elencadas, como a modernização da piscina, do salão social, do ginásio. Mas tudo isso dentro do fluxo do clube.”

Por exigências dos bombeiros, devido a atualizações na legislação e normas preventivas de incêndio, estão sendo feitas adequações no ginásio de esportes. “Como a norma mudou, precisamos nos adequar.”

“O clube é antigo, tem uma estrutura antiga. Às vezes é mais difícil mantê-la do que seria fazer uma nova”, diz o presidente, que comenta os projetos de ampliação do complexo de areia, modernização do ginásio de esportes e da parte elétrica, com a substituição das lâmpadas halogenas por outras de LED, a adequação ao projeto preventivo de incêndio. “Concomitante a isso, temos uma ideia de fazer um condomínio de casas anexo à SEB, um projeto que já está bem adiantado. Os investimentos não param.”

Atividades e espaços
A área do clube chega a aproximadamente 20 mil metros quadrados. São seis quadras de tênis, três ao ar livre e três cobertas; dois campos de futebol suíço, um sintético e outro de grama natural; ginásio de esportes para a prática de vôlei, basquete e futsal; o complexo de areia, onde se pratica o vôlei de areia, futevôlei e beach tennis; academia; cancha de bocha; sauna; e a área da piscina, que, embora não esteja com aulas de natação, já foi palco de campeonatos de salto ornamental na década de 1950.

Campo de futebol de grama sintética foi construído no “padrão FIFA”. | Foto: Divulgação/SEB

De acordo com o presidente, o espaço do clube é muito utilizado pelos associados e, embora tenham menos movimento nos horários comerciais, ele nota que a chegada da modalidade do beach tennis aumentou a circulação no clube. “Temos também professores que ministram aulas de tênis, de futsal, e essas atividades, de segunda a sexta-feira, são muito procuradas. E nos finais de semana, principalmente no verão, a piscina sempre tem muito movimento.”

Embora a SEB não possua time próprio para participar de competições, são realizados campeonatos internos, especialmente de futebol, nas modalidades de “panela” e de sorteio. Há também um ranking interno de tênis, e está sendo estudada a ideia de implementar um ranking semelhante para o beach tennis, o “Rei da Praia”.

“Além disso, nós, como Sociedade Esportiva, formamos parcerias, temos escolinhas de futsal e tênis que não são limitadas aos associados, como uma forma de retribuir para a comunidade nesse segmento do esporte”, afirma Wehmut. A equipe de bicicross do município, a BBF, utiliza a academia do clube, assim como o time de futsal do Barateiro, que treina no campo da SEB.

O clube, além da infraestrutura esportiva, possui também espaços de confraternização, como o salão social, o espaço gourmet e o bar contêiner, que atende os espaços da piscina, das quadras de tênis e dos campos de futebol.

“Todo mês temos no mínimo duas reservas para festas grandes no salão social. E todo dia, de domingo a domingo, algum espaço do clube está sendo utilizado pelos associados. Tem bastante procura, bastante vida no clube”, diz o presidente, que enfatiza a localização,  estrutura e segurança que a SEB oferece aos sócios.

Conheça o clube
Em junho de 1900, “reuniram-se em casa de Christian Becker um punhado de moços brusquenses, com a finalidade de fundarem uma sociedade esportiva”. Isso é o que diz a ata de fundação da Turnverein Brusque (Associação de Ginastas de Brusque), hoje Sociedade Esportiva Bandeirante. “O clube vai completar 118 anos em junho. Ele quase que se confunde com a história de Brusque”, diz Wehmut.

Daniel Wehmut é presidente do clube desde 2014, com dois mandatos consecutivos. | Foto: Natália Huf

“Sempre tivemos essa pegada de ‘sociedade esportiva’. No segmento esportivo, sempre foi um clube que revelou muitos atletas, temos atletas de vôlei, basquete, tênis, o próprio Guga acabou nascendo aqui dentro.”

O clube, segundo o presidente, mudou de nome durante o período da 2ª Guerra Mundial. “Naquela época, quando o alemão foi proibido e houve uma ‘caça às bruxas’ com tudo que fosse alemão, não se podia mais falar o idioma, e o clube não podia ter uma conotação de que os sócios fossem alemães.” Foi aí que o antigo nome, Turnverein, foi alterado para Sociedade Esportiva Bandeirante, “em alusão aos desbravadores”, afirma.

Atualmente, a SEB conta com 590 sócios titulares, distribuídos nas modalidades de sociedade patrimonial, familiar e individual. Os sócios do tipo familiar e individual não possuem direito a voto, enquanto o sócio patrimonial, além do direito ao votar, detém uma fração do clube.

Sociedade Esportiva Bandeirante
Presidente: Daniel Wehmut (abril de 2016 – abril de 2018)
Fundação: 16 de junho de 1900
Endereço: Avenida Getúlio Vargas, 224
Telefone: (47) 3351-1133
Site: www.sebandeirante.com.br

A Sociedade Esportiva Bandeirante (SEB) se orgulha de ser um clube voltado à prática esportiva. Durante a gestão do presidente Daniel Wehmut, que já faz parte da diretoria há 16
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês