Startup brusquense realiza evento tecnológico aberto à comunidade

Evento aconteceu durante a noite desta quarta-feira, 4 na Hiper

  • Por Redação
  • 17:18
  • Atualizado às 17:58

Startup brusquense realiza evento tecnológico aberto à comunidade

Evento aconteceu durante a noite desta quarta-feira, 4 na Hiper

  • Por Redação
  • 17:18
  • Atualizado às 17:58
  • +A-A

Chope e refrigerante gelados, snacks e uma boa conversa sobre tecnologia mobile. O primeiro Hipertalks, evento realizado pela startup brusquense Hiper, disponibilizou tudo isso de maneira totalmente gratuita para um público de aproximadamente 60 pessoas durante a noite desta quarta-feira, 4.

Com o objetivo de proporcionar a troca de conhecimentos, além de fomentar o setor de Tecnologia da Informação (TI) em Brusque, a intenção é realizar os encontros periodicamente na sede da empresa, situada na rua General Osório, no Guarani.

Através de um ambiente totalmente informal e descontraído, o público – formado na sua maioria por estudantes de universidades brusquenses e profissionais do TI – foi imerso em duas apresentações sobre apps e soluções mobile, tema da primeira edição do Hipertalks. À frente das palestras estiveram o Product Manager (PM) da Hiper, Elcio Arthur Cardoso, além de Glauco Neves, CTO (Chief Technology Officer) da empresa catarinense mobLee, especializada no desenvolvimento de aplicativos para eventos.

“Superou as nossas expectativas. Já recebemos aqui muitos feedbacks positivos do público. Nosso principal objetivo é agregar valor e movimentar esse ecossistema. Por isso que a gente também tornou esse evento sequencial. Já definimos a data do próximo Hipertalks. Será em 20 de novembro, com o tema de experiência do usuário. Achamos muito válido trazer conhecimento para as pessoas”, ressalta Marcos Fischer, CTO e um dos fundadores da Hiper.

Palestra
A primeira apresentação da noite foi de Elcio Arthur Cardoso. Prata da casa, ele discursou sobre o desenvolvimento de apps. De acordo com o Product Manager da empresa brusquense, a intenção de sua palestra foi propor uma reflexão sobre as decisões cruciais necessárias antes mesmo de começar a programar um aplicativo.

Após a apresentação de Elcio, Glauco Neves, CTO na mobLee, assumiu os microfones para falar um pouco da trajetória da corporação ao qual também é sócio, em Florianópolis, além dos principais desafios tecnológicos, desde a sua criação, em 2011.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio