Superintendente da FME expõe realidade e dificuldades do esporte a dirigentes e técnicos

Reunião contou com representantes de 21 modalidades no auditório da Arena Brusque

Superintendente da FME expõe realidade e dificuldades do esporte a dirigentes e técnicos

Reunião contou com representantes de 21 modalidades no auditório da Arena Brusque

 

A noite de quarta-feira, 11, foi de reunião para os dirigentes e técnicos de pelo menos 21 modalidades de Brusque. O superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Olavo Larangeira, expôs em um auditório lotado a realidade e as dificuldades da pasta.

Os desportistas – muitos dos quais vivendo dificuldades para administrar suas associações e equipes, principalmente devido a falta de contratação de técnicos por falta da prefeitura de Brusque – ficaram de olhos e ouvidos atentos. Os representantes da fundação também expuseram algumas regulamentações e exigências para os participantes da reunião.

Além de técnicos, presidentes de associações e membros da FME, esteve presente o diretor-executivo do Observatório Social de Brusque, Evandro Gevaerd, que explicou sobre a importância de regularizar as situações das associações. “É fundamental a transparência na gestão do esporte, e para isso é necessário que todas as associações realizem prestação de contas, do que foi utilizado com o recurso público”.

Regularizações
Sem verbas para contratar técnicos, Larangeira explicou que está colaborando com a elaboração do Bolsa Técnico. Para agilizar este processo, ele afirmou que, ao invés de ser criado um novo projeto de lei, o item será apenas acrescentado a já existente lei do Bolsa Atleta, semelhante ao que foi feito em Guabiruba neste ano.

O superintendente também afirmou que vai cobrar que outras pastas colaborem com a limpeza, manutenção e gastos com iluminação da Arena Brusque. “Esse espaço é ocupado também pela Saúde, pela Educação, IBPREV e outros órgãos, mas os gastos caem apenas na nossa folha. Vamos dividir essas despesas, isso já foi solicitado à prefeitura”.

Projetos em elaboração
Larangeira falou ainda sobre a projeção de diversas quadras de areia, no espaço ocupado pelo circo, na frente da Arena Brusque. O local seria dividido com quadras pra beach tennis, beach handball, vôlei de praia e futebol de praia.

Outro projeto da FME é uma otimização do passeio compartilhado da Beira Rio, com indicações no solo de quilometragem, gasto de calorias e outras informações importantes. “Todos esses projetos estão recebendo grande aceitação dos outros secretários, além do prefeito Jonas Paegle e do vice-prefeito Ari Vequi”, afirmou Olavo Larangeira.

Modalidades representadas na reunião
Atletismo
Basquetebol
Beisebol
Bocha rafa vollo
Ciclismo
Futebol
Ginástica rítmica
Futsal
Handebol
Judô
Karatê
Kung Fu
Natação
Paradesporto
Taekwondo
Tai chi chuan
Tiro armas curtas
Tiro armas longas
Voleibol
Vôlei de praia
Xadrez

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio