Traficante quase cai no rio Itajaí-Mirim ao tentar fugir da polícia

Paulo Victor Faust, que cumpria pena em liberdade por tráfico de drogas, levava consigo R$ 5 mil em notas falsas

Traficante quase cai no rio Itajaí-Mirim ao tentar fugir da polícia

Paulo Victor Faust, que cumpria pena em liberdade por tráfico de drogas, levava consigo R$ 5 mil em notas falsas

Por volta das 20h50 desta terça-feira, 24, policiais militares tentaram fazer a abordagem de um veículo Fiesta, na avenida das Comunidades, no Centro de Brusque, mas o motorista não obedeceu a ordem de parada e iniciou a fuga, sendo acompanhado pela guarnição da Polícia Militar. Na avenida Arno Carlos Gracher, próximo ao Corpo de Bombeiros, o condutor perdeu o controle do veículo e despencou na margem do rio Itajaí-Mirim, parando a cerca de dois metros da água.

Leia também: Um assaltante é morto e outro preso após assalto em Brusque

Os policiais fizeram a abordagem, identificaram o motorista como Paulo Victor Faust, 30 anos, que cumpria pena por tráfico de drogas em liberdade. Com ele os policiais localizaram 53 notas falsas de R$ 100 de três séries diferentes e nove pares de calçados, possivelmente adquiridos com moedas falsas. Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.

O delegado plantonista Alex Bonfim Reis decidiu autuar Faust em flagrante e explicou que essa situação foi diferente em vários aspectos. “Paulo Victor Faust responde em regime aberto pelo crime de tráfico de drogas, ele foi preso em Jaraguá do Sul e cumpre pena em regime aberto na cidade de Brusque. Na posse dele foram encontrados cerca de R$ 5 mil em notas falsas e foi constatado que ele não tem carteira de motorista para conduzir veículo automotor”, explicou o delegado.

O homem preso foi autuado por portar moeda falsa e ainda pelo crime de trânsito, regredindo o benefício que tinha sido concedido em Jaraguá do Sul e deverá ser encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA). Como o crime de moeda falsa é de responsabilidade da Justiça Federal, o processo será encaminhado posteriormente para a Polícia Federal para o encaminhamento necessário.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio