Suspeitos de assaltar residência no Jardim Maluche são presos

Dois jovens foram presos na tarde desta segunda-feira, 17, com a arma de fogo

Suspeitos de assaltar residência no Jardim Maluche são presos

Dois jovens foram presos na tarde desta segunda-feira, 17, com a arma de fogo

Dois suspeitos de praticarem um assalto em uma casa, no bairro Jardim Maluche, na sexta-feira, 31 de janeiro, em Brusque, foram presos no fim da tarde de ontem. 

Alisson Antônio Parra, 22 anos, é o principal suspeito. Durante a manhã, o delegado Ismael Gustavo Jacobus, responsável pelo caso, cumpriu mandado de prisão contra Parra, que foi preso em casa, no bairro Rio Branco. 

O mandado de prisão visava encontraram objetos que os suspeitos haviam roubado, além de arma de fogo usada no crime. Na casa de Parra, a Polícia Civil encontrou uma quantia de cocaína. 

– Pouco tempo depois que o Alisson havia sido conduzido para a delegacia, fomos informados de que um colega dele, o Flávio, havia ido a casa dele e pegou a arma, escondida embaixo da casa -, conta o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Alex Bonfim Reis. 

Acreditando que Parra havia sido preso, Flavio Miliano da Silva, 20, levou a arma para casa. 

– Policiais civis e militares ficaram de campana durante toda a tarde próximo a casa de Flávio para encontrar a arma -, informa o delegado.

Ao ser liberado, por volta das 17h, o suspeito saiu da delegacia e foi direto para a casa do possível comparsa, onde foram abordados. Com eles, os policiais encontraram a arma de fogo.

Segundo o delegado, os dois serão autuados pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. A prisão preventiva dos dois suspeitos será pedida pelo roubo e o reconhecimento da arma e dos envolvidos também deve acontecer em breve.

Terceiro envolvido já havia sido preso

De acordo com as vítimas, naquela noite cinco homens haviam entrado na casa. Um dos envolvidos, Francis Alecrim de Souza, 22, já está preso desde a semana passada. 

Segundo a Polícia Civil, ao ser identificado e consultado o nome, ele apresentava um mandado de prisão em aberto. 

Com isso, os policiais foram até a empresa em que Souza trabalhava e o prenderam. Agora, o trabalho de investigação continua para identificar os outros dois envolvidos no crime. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio