Taxa para entrar em Bombinhas fica mais cara a partir de 1º de janeiro

Veículos de passeio pagarão R$ 26, enquanto que ônibus desembolsarão R$ 130,50

Taxa para entrar em Bombinhas fica mais cara a partir de 1º de janeiro

Veículos de passeio pagarão R$ 26, enquanto que ônibus desembolsarão R$ 130,50

A partir de 1º de janeiro, entram em vigor os novos valores da Taxa de Proteção Ambiental (TPA) em Bombinhas. Com isso, os veículos de passeio pagarão R$ 26; motociclistas, R$ 3; as caminhotes e furgões, R$ 39; vans e micro-ônibus, R$ 52; caminhões será cobrado R$ 78 e R$ 130,50 para ônibus.

A taxa foi implantada no município em 2014. Quando um veículo entra na cidade, a placa é registrada por radares em um sistema de leitura de placas. A partir daí, é preciso pagar a taxa em um dos locais cadastrados na cidade ou pela internet.

Segundo a prefeitura, a Taxa de Preservação Ambiental é totalmente aplicada em conservação e manutenção do meio ambiente do município de Bombinhas. Quando o visitante efetua o pagamento ainda durante a sua estadia, nos postos de atendimento ou pelo site usando o cartão de crédito, elimina a contratação de boletos e taxas bancárias, revertendo o valor total da taxa para sua finalidade.

Caso o turista permaneça na cidade por mais de um dia consecutivo, a taxa é cobrada apenas uma vez. A partir do momento que ele sai da cidade, paga cada vez que entrar no município.

O prazo máximo para pagamento sem multa é de 30 dias contados a partir da entrada.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio