Taxista é feito refém em Brusque

Os criminosos obrigaram a vítima a entrar no porta-malas e circularam por algumas horas em direção a Gaspar

Taxista é feito refém em Brusque

Os criminosos obrigaram a vítima a entrar no porta-malas e circularam por algumas horas em direção a Gaspar

Um taxista foi feito refém e passou cerca de duas horas no porta-malas do próprio carro na sexta-feira, 21, de madrugada. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima trabalha na avenida Arno Carlos Gracher, a Beira Rio.

Dois homens pediram para fazer uma corrida até o bairro Bateas. Quando chegaram ao local, mais duas pessoas estavam lá. Um deles agrediu o taxista com um enxada, enquanto os outros bateram com pedaços de pau.

Eles obrigaram a vítima a entrar no porta-malas e circularam por algumas horas em direção a Gaspar. O taxista foi solto na avenida Arno Carlos Gracher e teve R$ 260 e alguns objetos levados.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio