Delegado afirma que crime no Souza Cruz será tratado apenas como roubo

Alex Bonfim Reis trabalha para identificar os criminosos que levaram morador de Brusque até Tijucas

Delegado afirma que crime no Souza Cruz será tratado apenas como roubo

Alex Bonfim Reis trabalha para identificar os criminosos que levaram morador de Brusque até Tijucas

A vítima de um suposto sequestro, por volta das 4h15 desta quarta-feira, 8, no bairro Souza Cruz, voltou para Brusque de táxi ainda pela manhã, acompanhado de sua namorada, após ambos serem levados para Tijucas.

O delegado Alex Bonfim Reis afirma que as informações preliminares indicam que não se trata de um sequestro, mas sim um roubo, “em que a vítima e a namorada tiveram a liberdade restringida em alguns momentos, suficientes para a subtração de cheques e valores”.

Agora, a Polícia Civil investiga o caso para identificar os criminosos. O fato deles terem usado roupas os identificando como membros da Polícia Civil pode enquadrá-los em outro crime, além do roubo.

O veículo foi abandonado em Canelinha, de acordo com o delegado. Ele afirma também que as vítimas não foram agredidas.

Taxista narra relatos das vítimas
O taxista de Tijucas que trouxe o casal a Brusque falou sobre o caso à reportagem. Ele, que preferiu não se identificar, diz que foi acionado por uma funcionária de restaurante do bairro Nova Descoberta, em Tijucas, falando que havia um casal que precisava ir até Brusque. Ele atendeu ao chamado e trouxe os dois.

Ao taxista, eles falaram que foram sequestrados e passaram boa parte do tempo amarrados. Ele afirma que o casal não voltou com a caminhonete, que ficou abandonada no loteamento Terra Nova, pois os criminosos levaram as chaves e demais pertences. Para sacar dinheiro para o pagamento do taxista, eles utilizam o reconhecimento digital em caixa eletrônico, já em Brusque.

O taxista conta que o homem estava nervoso, já a mulher aparentava tranquilidade. A vítima veio dormindo durante boa parte do caminho e foi deixada em casa. Os familiares ficaram responsáveis por voltar a Tijucas para buscar o carro.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio