Teatro do Cescb registra ocupação superior a 85% no primeiro trimestre

Em eventos abertos ao público, foi registrado um crescimento de 4% em relação ao ano anterior

Teatro do Cescb registra ocupação superior a 85% no primeiro trimestre

Em eventos abertos ao público, foi registrado um crescimento de 4% em relação ao ano anterior

O Teatro do Centro Empresarial, Social e Cultural de Brusque (Cescb) registrou uma ocupação de aproximadamente 85% em todos os eventos realizados no primeiro trimestre de 2018. Em eventos abertos ao público, foi registrado um crescimento de 4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Entre eventos fechados e abertos, foram realizados 14 até o fim de março. “É importante lembrar que em janeiro praticamente não há agenda, por causa do período de férias”, pontua a secretária-executiva do Cescb, Tulassi da Silva.

Destacam-se os espetáculos de stand-up comedy, voltado principalmente para o público jovem, como os de mais plateia. No entanto, Tulassi também percebe uma maior participação do público geral e especialmente de famílias nos eventos, impulsionada pelo 3º BQ(en)cena, temporada de teatro em Brusque.

Até a publicação desta matéria, 70 datas já estão reservadas no teatro até o fim do ano, sendo 19 para eventos fechados. Ainda há datas em negociação, que serão divulgadas pelo teatro à medida que forem confirmadas.

Tulassi vê que a adesão do público poderia ser ainda maior com a devida divulgação, que é problemática no município. “Existem muitas pessoas na cidade de Brusque que nem ao menos sabem que temos um teatro com eventos muito legais acontecendo periodicamente”, reclama.

O organizador da Qualitá Eventos, Leonardo Silvano, elogia o município, que tem um público inteligente e boa receptividade, e a estrutura do teatro, com “custo-benefício dentro do mercado e qualidade de primeiro mundo”. No entanto, acredita que a capacidade de 280 lugares ainda é longe do ideal.

“Existe a questão de ser fora do eixo das principais cidades, dificultando a vinda de alguns eventos, mas isto é com Santa Catarina inteira. A baixa capacidade compromete um pouco, porque para um evento de investimento maior, seriam necessárias mais apresentações, complica um pouco o rendimento do evento. No mais, só elogios à estrutura e à equipe”, explica.

Silvano pretende organizar mais eventos em Brusque neste ano, mas também destaca a parceria com outras produtoras de eventos. No caso da Agência Hausen, de Brusque, há sempre negociações anteriores para que espetáculos semelhantes fiquem distantes um do outro no calendário. “Isto é feito para evitar a concorrência direta em datas próximas, para que um não sabote o outro ou que os dois percam.”

Eventos até 30/04
Sábado, 21/04 – Stand-up com Fabiano Cambota
Domingo, 22/04 – Orquestra Cescb
Quinta-feira, 26/04 – Congresso de Liderança e Gestão de Pessoas, com Ricardo Castello Branco e Alfredo Rocha

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio